1 de nov de 2017

Detalhes sobre o novo álbum do U2

quarta-feira, novembro 01, 2017

O U2 lançará dia 1 de dezembro o seu décimo-quarto álbum, Songs of Experience. O disco é o sucessor de Songs of Innocence (2014) e teve a sua produção assinada por Jacknife Lee, Ryan Tedder, Steve Lillywhite, Andy Barlow e Jolyon Thomas. O álbum será lançado em CD, CD deluxe e vinil, além dos formatos digitais e um bom contendo todos os formatos físicos.

A arte da capa de Songs of Experience é uma criação do fotógrafo e diretor Anton Corbijn, colaborador habitual da banda irlandesa, e traz uma foto de Eli Hewson e Sian Evans, respectivamente filho de Bono e filha de The Edge.

O trabalho foi gravado em Dublin, Nova York e Los Angeles e vem com letras influenciadas pelo poeta irlandês Brendan Kennelly, que aconselhou Bono a “escrever como se estivesse morto”. O resultado são canções com letras bastante íntimas e centradas no círculo pessoal do vocalista, falando sobre a sua família, amigos e fãs, além de suas experiências de vida.

Songs of Experience foi pensado como um complemento a Songs of Innocence, e ambos foram inspirados pela coleção de poemas chamada Songs of Innocence and Experience, publicada no século XVIII pelo poeta e místico inglês William Blake.

Para promover o disco, o U2 iniciará em maio de 2018 a turnê eXPERIENCE + iNNOCENCE, que terá a sua primeira parte focada apenas nos Estados Unidos. As primeiras datas já estão confirmadas neste link.

Abaixo está o tracklist completo de todas as versões do álbum:


SONGS OF EXPERIENCE ­CD 
1. Love Is All We Have Left
2. Lights of Home
3. You're The Best Thing About Me
4. Get Out of Your Own Way
5. American Soul
6. Summer of Love
7. Red Flag Day
8. The Showman (Little More Better)
9. The Little Things That Give You Away
10. Landlady
11. The Blackout
12. Love Is Bigger Than Anything in Its Way
13. 13 (There is a Light)


SONGS OF EXPERIENCE ­DELUXE CD & DIGITAL
1. Love Is All We Have Left
2. Lights of Home
3. You're The Best Thing About Me
4. Get Out of Your Own Way
5. American Soul
6. Summer of Love
7. Red Flag Day
8. The Showman (Little More Better)
9. The Little Things That Give You Away
10. Landlady
11. The Blackout
12. Love Is Bigger Than Anything in Its Way
13. 13 (There is a Light)
14. Ordinary Love (Extraordinary Mix)
15. Book Of Your Heart
16. Lights of Home (St Peter's String Version)
17. You're The Best Thing About Me (U2 vs Kygo)


SONGS OF EXPERIENCE ­ DELUXE VINYL
1. Love Is All We Have Left
2. Lights of Home
3. You're The Best Thing About Me
4. Get Out of Your Own Way
5. American Soul
6. Summer of Love
7. Red Flag Day
8. The Showman (Little More Better)
9. The Little Things That Give You Away
10. Landlady
11. The Blackout
12. Love Is Bigger Than Anything in Its Way
13. 13 (There is a Light)
14. Ordinary Love (Extraordinary Mix)
15. Book Of Your Heart
16. Lights of Home (St Peter's String Version)

A antológica passagem da Cor do Som pelo festival de Montreux

quarta-feira, novembro 01, 2017

Lançado em 1978, A Cor do Som Ao Vivo no Montreux International Jazz Festival é o registro do primeiro show de uma banda brasileira no lendário festival suíço. O grupo se apresentou no mesmo dia que Gilberto Gil (que também lançou um disco ao vivo) e Silvinho. Esses três artistas deram início a uma tradição, já que o festival passou a contar com atrações brasileiras de maneira constante. Nomes como Caetano Veloso, Elis Regina, Rita Lee, Ney Matogrosso, Hermeto Pascoal, Titãs, Paralamas e muitos outros também passaram pelo palco de Montreux, gerando também belos registros ao vivo.

O show da Cor do Som rolou na décima-segunda edição do festival, em julho de 1978. E o disco que eternizou o concerto é antológico. Nele fica evidente todo o poderio da banda ao vivo. Exímios instrumentistas, o sexteto detona uma sonoridade que desafia rótulos, mas que me soa como uma espécie de jazz fusion focado nas raízes da música brasileira, jogando em uma mesma panela elementos de jazz, rock, progressivo, frevo, samba, baião e MPB. 


Ao Vivo - Montreux International Jazz Festival traz oito faixas instrumentais que demonstram o brilhantismo técnico do grupo, principalmente de Armandinho e Dadi. O guitarrista esmerilha na guitarra baiana, instrumento que ajudou a popularizar, enquanto o baixista segura tudo com a competência de sempre. 

Entre as músicas, destaque para a estupenda "Cochabamba" (que me soa semelhante, em certos aspectos, àquela antológica brincadeira entre Ritchie Blackmore e Ian Gillan no também ao vivo Made in Japan, onde o vocalista respondia as notas de Blackmore com sua voz agudíssima durante “Strange Kind of Woman"), "Brejeiro", "Festa na Rua" e a versão de "Eleanor Rigby", dos Beatles, aqui transformada em um frevo lisérgico guiado pela guitarra alucinada de Armandinho.

Se você não conhece, ouça com atenção. As composições contidas nesse disco são uma prova inconteste e pra lá de convincente da riqueza da música produzida aqui, no nosso país.

Panini passará a publicar The Walking Dead no Brasil

quarta-feira, novembro 01, 2017

Interrompida após a falência da editora HQM, a publicação da premiada série de quadrinhos The Walking Dead será retomada no Brasil pela Panini. A editora, responsável pelo lançamento das HQs da DC e da Marvel no país, assumirá agora também um dos mais celebrados títulos dos últimos anos.

Criada por Robert Kirkman e Tony Moore, The Walking Dead estreou no mercado norte-americano em outubro de 2003 e segue até hoje em publicação pela Image Comics. A HQ foi adaptada para uma série de TV pela Fox e atualmente está na oitava temporada.

No Brasil, a HQM lançou 18 encadernados entre maio de 2006 e setembro de 2015, além de 48 edições mensais entre outubro de 2012 e fevereiro de 2017. 

O planejamento da Panini prevê a chegada do primeiro encadernado da série, Dias Passados, em dezembro, durante a Comic Con Experience. A nova edição será publicado no formado 17 x 26 cm com capa cartão e miolo off-set 90 gramas. Além disso, dará seguimento à série de onde a HQM parou, lançando também o volume 19 da compilação da série. Ou seja: quem nunca leu poderá iniciar a leitura (o que é o meu caso) e quem já possui as edições anteriores também poderá seguir colecionando, ainda que o formato da Panini seja diferente da HQM, cujas edições eram em 16,5 x 24 cm.


Rock ou travessuras: como foi o Halloween dos músicos

quarta-feira, novembro 01, 2017

Pra divertir nesse primeiro dia de novembro, abaixo está uma galeria de imagens com alguns dos músicos que amamos se divertindo no Halloween, com fantasias e roupas próprias do Dia das Bruxas.

E você, também tocou o terror nesse Halloween ou foi adepto do mote “discos ou travessuras”?

Uma publicação compartilhada por KILLSWITCH ENGAGE (@killswitchengage) em

Uma publicação compartilhada por Shavo O (@shavoodadjian) em

Uma publicação compartilhada por Shavo O (@shavoodadjian) em

Uma publicação compartilhada por Bhinds (@bhinds) em

Uma publicação compartilhada por Bhinds (@bhinds) em

Uma publicação compartilhada por Raísa Moreno (@raisamrn) em


Uma publicação compartilhada por Tom Morello (@tommorello) em

Cachorro Grande relança disco em edição especial

quarta-feira, novembro 01, 2017

Costa do Marfim, disco lançado pelo Cachorro Grande em 2014, está voltando às lojas em uma edição especial via Selo 180. 

A nova edição foi remasterizada e está sendo disponibilizada em LP duplo. Há também um box na versão deluxe, onde os discos são coloridos e vem acompanhados de fotos da banda.

Ambas as edição estão disponíveis no site da gravadora, pelos links abaixo:

30 de out de 2017

Pré-venda de novo álbum de Tarja traz atrativos especiais para os colecionadores

segunda-feira, outubro 30, 2017

A Shinigami Records iniciou a pré-venda do novo álbum de Tarja nas versões jewel case e digipak.

O atrativo para os colecionadores é que as primeiras 500 cópias de cada versão vem com um calendário de mesa como brinde, enquanto as 100 primeiras pessoas que reservarem as suas cópias na loja virtual da gravadora ganham um pôster exclusivo.

Para adquirir From the Spirits and Ghosts (Score For a Dark Christmas), clique nos links abaixo:




Os CDs tem previsão de envio a partir do dia 17/11.

From the Spirits and Ghosts (Score For a Dark Christmas) é o sétimo álbum de Tarja Turunen, ex-vocalista do Nightwish. O disco é o terceiro trabalho focado em música clássica da vocalista, que lançou Henkäys ikuisuudesta (2006) e Ave Maria - En Plein Air (2015) também explorando esse lado de sua musicalidade. O CD traz onze faixas focadas no Natal.

A discografia solo de Tarja conta ainda com quatro álbuns de rock - My Winter Storm (2007), What Lies Beneath (2010), Colours in the Dark (2013) e The Shadow Self (2016) - e dois discos ao vivo - Act I: Live in Rosario (2012) e Live in Luna Park (2012).

Bon Scott pode ter morrido de overdose, afirma novo livro sobre o vocalista do AC/DC

segunda-feira, outubro 30, 2017

O livro Bon: The Last Highway - The Untold Story of Bon Scott, escrito pelo jornalista Jesse Fink, traz em suas páginas a informação de que o vocalista do AC/DC teria morrido de uma overdose de heroína e não sufocado pelo próprio vômito após uma noite de bebedeira, como sempre se acreditou.

Segundo Fink, entrevistas com os amigos de Scott revelaram que Bon estava usando a droga na época da sua morte, em fevereiro de 1980. Segundo essas fontes, o músico já havia experimentado heroína e tido duas overdoses em 1975 e 1976 ainda na Austrália, mas sobreviveu. Além disso, na noite em que faleceu Bon Scott estava na companhia de conhecidos viciados na substância.

Basicamente ele sofreu uma terceira overdose, só que dessa vez não sobreviveu”, afirma Jesse Fink.

Ao que tudo indica, o livro será lançado no Brasil em novembro, porém ainda não há data confirmada para a obra chegar às livrarias e nem qual editora publicará o título em nosso país.


ONLINE

PAGEVIEWS

PESQUISE