Mostrando postagens com marcador Metallica. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Metallica. Mostrar todas as postagens

20 de jul de 2017

Lars Ulrich admite: será difícil tocar as músicas do Metallica aos 70 anos de idade

quinta-feira, julho 20, 2017

Em papo com o Planet Rock, Lars Ulrich admitiu que o Metallica talvez não consiga seguir tocando até os músicos superarem os 70 anos de idade, na linha do que fazem nomes como Rolling Stones, Deep Purple e The Who.

Segundo Lars: “Nossa idade certamente não facilita os shows ao vivo e há todo um exército de pessoas que nos apoia e nos ajuda a levar ao palco tudo o que precisamos para fazer o que fazemos. É preciso um grande esforço físico para tocar o nosso tipo de música. Se há trinta anos você me dissesse que eu estaria tocando músicas como ‘Fight Fire with Fire’ e ‘Battery' aos 52 anos, eu provavelmente teria olhado para você com descrença. Mas certamente tivemos uma mudança em nosso estilo de vida para sermos mais responsáveis, dormir bem, ter uma alimentação saudável e trabalhar todos os dias, alongamentos e todo esse tipo de coisa. Eu simplesmente não conseguiria subir ao palco sem uma preparação física séria”.

O músico também falou sobre a longevidade na carreira musical: “Deus abençoe todos esses caras como os Stones e o The Who. Muito amor e respeito por eles. Alguém me disse esses dias que Brian May está chegando aos 70 anos, Sammy Hagar está com 70. Li uma entrevista com Paul McCartney ontem, e ele já está com 75 anos ou algo assim. O que eles fazem é muito inspirador, mas o aspecto físico está em um nível diferente do que fazemos. Há muitos bateristas de jazz como Max Roach, esses caras todos conseguiram viver vidas muito longas e saudáveis e tocar bateria aos 80 anos. Eu não sei se conseguirei tocar as nossas músicas aos 70 anos. Gostaria de descobrir isso, mas também tenho autocrítica suficiente pra saber quando as coisas não estiverem mais funcionando e me afastar. Talvez não sejamos mais capazes de tocar as nossas próprias músicas dentro de vinte anos. Quando chegar a hora, eu mesmo tomarei essa decisão". 

16 de jul de 2017

James Hetfield fala sobre a possibilidade de um projeto paralelo fora do Metallica

domingo, julho 16, 2017

Conversando com a WRIF, rádio de Detroit, James Hetfield falou sobre a possibilidade de se envolver com um projeto paralelo fora do Meatallica.

"O Metallica é o meu projeto paralelo. Eu faço tudo o que quero no Metallica, por isso não vejo necessidade de ter um projeto fora da banda. Escrevo coisas que fazem eu me sentir bem e elas acabam indo para o Metallica, e isso é ótimo. Penso que para eu e Lars - e vou falar principalmente sobre o meu ponto de vista, mas sei que Lars tem a mesma opinião -, o Metallica é nosso projeto paralelo. A banda é nosso projeto principal e paralelo, nossa prioridade 7 dias por semana, 24 horas por dia. Isso não quer dizer que eu não queira tentar outras coisas, como o trabalho de locução, escrever um livro, fotografia, carros, essas coisas. Mas na música, o Metallica já me dá tudo. E o que queremos ao experimentar e fazer coisas novas é somar ainda mais à banda".

8 de jul de 2017

Os discos de rock e metal mais vendidos no primeiro semestre de 2017

sábado, julho 08, 2017

Os sites MetalSucks e Metal Insider trabalharam em conjunto e fizeram um levantamento para descobrir quais foram os dez discos de rock e metal mais vendidos no mercado norte-americano durante o primeiro semestre de 2017.

O resultado atesta a enorme superioridade do Metallica, com cinco títulos na lista, e também mostra algumas outras curiosidades.

Estaes foram os dez álbuns de rock e metal mais vendidos nos Estados Unidos nos seis primeiros meses do ano:

Metallica – Hardwired… to Self Destruct (487,000 cópias vendida)
Linkin Park – One More Light (130,000)
Metallica – Metallica (117,000)
Incubus – 8 (75,500)
Metallica – …And Justice For All (71,500)
Metallica – Master of Puppets (71,000)
Mastodon – Emperor of Sand (71,000)
Metallica – Ride the Lightning (63,000)
Guns N’ Roses – Greatest Hits (58,000)
Nickelback – Feed the Machine (54,000)

7 de jul de 2017

Último disco do Metallica supera marca de 1 milhão de cópias vendidas nos Estados Unidos

sexta-feira, julho 07, 2017

Hardwired … To Self-Destruct, o mais recente álbum do Metallica, superou a marca de 1 milhão de cópias vendidas no mercado norte-americano. A informação vem da Billboard. O disco vendeu mais 4 mil cópias na última semana, superando a barreira do milhão.

Este é o décimo-segundo álbum do Metallica a superar a marca de 1 milhão de cópias nos Estados Unidos.

Segundo a Nielsen Music, a banda já vendeu mais de 58 milhões de discos somente no mercado norte-americano. Além disso, o quarteto possui o álbum mais vendido desde que o sistema Nielsen passou a rastrear as vendas: Black Album, com mais de 16,6 milhões de cópias comercializadas só nos EUA.

6 de jul de 2017

Clássico do Metallica ganha versão jazz com participação de Bruce Kulick

quinta-feira, julho 06, 2017

I Wanna Be Somebody, último álbum de Robert Haglund, traz releituras jazzísticas para clássicos do hard rock e do heavy metal. O disco conta com a participação de músicos como Bruce Kulick, Rudy Sarzo, Kee Marcello e Tony Harnell, além dos vocalistas suecos Svante Thuresson e Jan Johansen.

O álbum será lançado dia 19 de agosto no mercado norte-americano, mas já está disponível no Spotify há um bom tempo. 

Algumas coisas funcionam e outras não - entre essas últimas, destaque negativo para a releitura de “Enter Sandman”, do Metallica, que você pode conferir abaixo:

22 de jun de 2017

Os 15 discos favoritos de Lars Ulrich

quinta-feira, junho 22, 2017

Lars Ulrich agora tem um programa de rádio chamado It’s Electric na Apple Music Beats 1, e no episódio deste final de semana o baterista do Metallica listou os seus quinze discos favoritos da vida.

Ainda que focada no universo do rock e do metal, a lista traz uma variada gama de sonoridades e estilos, como você pode perceber abaixo.

Estes são os 15 discos favoritos de Lars Ulrich, em ordem alfabética:

AC/DC - Let There Be Rock (1977)
Alice in Chains - Dirt (1992)
Black Sabbath - Sabotage (1975)
Blue Öyster Cult - On Your Feet or On Your Knees (1975)
Deep Purple - Made in Japan (1972)
Diamond Head - Lightning to the Nations (1980)
Guns N’ Roses - Appetite for Destruction (1987)
Iron Maiden - The Number of the Beast (1982)
Judas Priest - Unleashed in the East (1979)
Mercyful Fate - Melissa (1983)
Motörhead - Overkill (1979)
Rage Against the Machine - The Battle of Los Angeles (1999)
System of a Down - Toxicity (2001)
UFO - Strangers in the Night (1979)
Warrior Soul - The Space Age Playboys (1994)

20 de jun de 2017

Robert Trujillo afirma que o Gojira tem potencial para ser o novo Metallica

terça-feira, junho 20, 2017

O baixista Robert Trujillo, em papo com a Rolling Stone, fez uma afirmação curiosa e um tanto bombástica. Para o baixista do Metallica, a banda francesa Gojira tem os requisitos necessários para ser o sucessor de seu grupo em termos de popularidade.

Nas palavras de Trujillo: "Geezer Butler e eu estávamos em um vôo há uns dois anos e ele me perguntou quem levaria a tocha adiante quando eles e nós parássemos de tocar. Eu não sabia como responder essa pergunta, mas acho que o Gojira tem potencial para isso. Eles são jovens e ótimos!".

15 de jun de 2017

Metallica lança seus bonecos Funko Pop

quinta-feira, junho 15, 2017

O Metallica finalmente entrou no mundo dos Funko Toys. A banda anunciou o lançamento de seus bonecos oficiais, entrando no mundo dos colecionáveis adorados em todo o mundo.

James Hetfield, Lars Ulrich, Kirk Hammett e Robert Trujillo ganharam versões que seguem à risca a linha visual dos brinquedos, fofinhos e lindos pra colocar na sua estante.



8 de jun de 2017

Fizeram um cover de "Hardwired", do Metallica, com uma cítara

quinta-feira, junho 08, 2017

Essa é demais: Rishabh Seen, um músico norte-americano com ascendência indiana e que se auto-denomina o primeiro tocador de cítara do heavy metal, gravou uma improvável versão com o instrumento para "Hardwired", música de abertura do último disco do Metallica.

E ficou legal pra caramba, como você pode conferir abaixo:


31 de mai de 2017

Metallica recebe Disco de Platina por Hardwired ... To Self-Destruct

quarta-feira, maio 31, 2017

O Metallica alcançou 1 milhão de cópias vendidas de seu último disco, Hardwired ... To Self-Destruct (2016) e recebeu Disco de Platina pelo feito. O álbum foi lançado pela gravadora da própria banda, a Blackened Recordings, e alcançou o número 2 nos charts da Billboard.

O grupo recebeu a certificação em Nova York e postou uma foto mostrando os dois lados da situação: como músicos e como executivos de seu próprio selo.

10 de mai de 2017

Para Lars, Phil Rudd seria o seu substituto ideal no Metallica

quarta-feira, maio 10, 2017

Em entrevista para uma rádio de Baltimore, Lars Ulrich respondeu sobre quem gostaria que o substituísse no Metallica caso não pudesse mais tocar com a banda. E a resposta foi surpreendente: "Se pudesse escolher, se pudesse ter a oportunidade de ouvir algúem colocando a batida para os riffs de James, eu pegaria Phil Rudd. Acho legal o seu tipo de vibração, como ele faz as coisas. Ele tem sido a minha principal fonte de inspiração desde que fizemos Justice, Black Album e Load. Ele tem todo esse lance de groove e seria legal vê-lo tocando com James".

E aí, já imaginou como soaria o Metallica com Phil Rudd? Eu confesso que essa associação nunca havia passado pela minha cabeça.

Metallica quer ser a primeira banda a tocar no espaço

quarta-feira, maio 10, 2017

O desejo é de Lars Ulrich e Kirk Hammett, e pode lavar o Metallica a ser a primeira banda a tocar fora da Terra, em pleno espaço sideral. Como nada é aparentemente impossível para a maior banda de heavy metal deste planeta, não é de se duvidar que o quarteto norte-americano viaje até a Lua, por exemplo, e realize um show por lá. Ou na Estação Espacial Internacional, o que também seria uma boa opção.

Vale lembrar que recentemente o Metallica se tornou a primeira banda a tocar na Antártica, levando um grupo de fãs a tiracolo para uma performance selvagem no continente gelado.

Enfim, vamos ver se essa ideia decola.

2 de mai de 2017

Para Jason Newsted, problemas enfrentados pelo Metallica tornaram a apresentação no Grammy mais poderosa

terça-feira, maio 02, 2017

Perguntado sobre a sua opinião a respeito da parceria entre o Metallica e Lady Gaga na última edição do Grammy, Jason Newsted, ex-baixista da banda norte-americana, declarou: "Aprendi que duvidar do Metallica nunca é algo muito inteligente a se fazer. Eles sempre estão prontos para dar a volta por cima, e isso é muito impressionante. Eu estive dentro da banda e agora vejo tudo de fora, e isso me faz entender melhor como as coisas funcionam com a banda".

Sobre o show no Grammy: "Sim, assisti à apresentação. E sim, fiquei chateado com o que aconteceu, com o desrespeito por causa do equipamento. Isso não deve acontecer. Se eles querem ter uma chance de fazer algo com alguém tão talentosa e poderosa como Lady Gaga, então eles devem aproveitar toda a oportunidade que surgir. Eles são do mesmo calibre que ela, são forças musicais equivalentes. Ela teve sorte de estar lá com eles. Podemos falar sobre um ou outro problema, como a falha no equipamento, mas o fato foi que James e Gaga fora capazes de ficar frente a frente e, como superstars experientes que são, alimentarem-se um do outro. E foi justamente isso que deixou a performance mais poderosa do que eles poderiam imaginar. Foi fantástico!".

17 de fev de 2017

Legal pra caramba: bloco de carnaval de São Paulo vai tocar clássicos do Metallica

sexta-feira, fevereiro 17, 2017

Essa é pra deixar os mais radicais de cabelos em pé: um bloco de carnaval de São Paulo vai sair ao som de clássicos do Metallica. O bloco Quero Morrer Amigo vai pular pelas ruas da capital paulista tocando sons como “Seek and Destroy”, “Enter Sandman”, “One”, “The Unforgiven” e outras, em releituras cheias de ritmo e malemolência. As versões inserem elementos de samba, maracatu, chorinho e outros gêneros musicais brasileiros ao metal da banda norte-americana.

O bloco se apresentará dia 26/02, domingo, a partir das 15h, no número 62 da Rua 24 de Maio, bem em frente à Galeria do Rock. A banda responsável pela performance é a Drunk’ Em All, com regência do maestro Cadu Byington.

Deixe a carranca e o preconceito, compre uma cerveja gelada, pegue a família e os amigos e vá curtir e se divertir.


Adoramos e apoiamos mais iniciativas como essa!

14 de fev de 2017

Para Lars Ulrich, Lady Gaga é perfeita para o Metallica

terça-feira, fevereiro 14, 2017

Em entrevista à Rolling Stone, Lars Ulrich deixou claro a sua opinião sobre a relação do Metallica com Lady Gaga e em como a parceria deve se repetir no futuro. Segundo o baterista: "Já estamos avançando rapidamente para o próximo capítulo, quando poderemos fazer mais coisas juntos. Não é um daqueles casos em que vinte advogados, managers e estrategistas sentam ao redor da mesa e discutem como forçar duas pessoas de mundos diferentes a fazerem algo em rede nacional. De ambos os lados, tanto do Metallica quando de Lady Gaga, o que está rolando é algo autêntico e orgânico como nunca houve antes. Estamos apenas começando".

Lars foi inclusive além, declarando sem meias palavras que considera Lady Gaga como “o quinto integrante perfeito para o Metallica”: “Sua voz, sua atitude, sua visão de tudo, são impressionantes. A sua performance foi tão natural e orgânica e ela tem o espírito do hard rock e do metal fluindo en suas veias. É realmente fácil para ela fazer algo nessa linha. Não há nada artificial, ela só tem essa energia super quente e natural”.

Sobre a tão falada falha no microfone de James Hetfield no início de “Moth Into Flame”, canção que a banda tocou em parceria com Gaga no palco do Grammy 2017, declarou: "Foi apenas uma pequena falha técnica, mas de qualquer modo isso é algo sobre o qual não há muito o que fazer. Você precisa aprender a lidar com situações como essa. No ano passado aconteceu com Adele, esse ano foi a nossa vez”.

Alex Skolnick, guitarrista do Testament, publica longo texto defendendo a parceria entre o Metallica e Lady Gaga

terça-feira, fevereiro 14, 2017

O guitarrista do Testament e companheiro da cena da Bay Area do Metallica, Alex Skolnick, postou em seu Facebook um longo texto defendendo a parceria entre o Metallica e Lady Gaga, que sacudiu o palco do Grammy 2017.

Abaixo estão as palavras do músico:

Na teoria, é uma grande ideia, e deveria significar uma espécie de home run para todas as idades. Infelizmente, será eternamente ofuscada pelos problemas com o microfone de James e pela falha na intro - por favor, organização, favor conferir se todos os apresentadores fizeram o seu dever de casa antes de subirem ao palco, ok?

Vi alguns comentários falando que Gaga deixou James largado no palco enquanto ocorriam os problemas com o microfone, que ela poderia ter ajudado e não veio ao seu encontro salvar o dia. Todos estão errados: ela (e todos no palco) usam monitores de ouvido, o que - como qualquer um que já teve a experiência de usá-los pode afirmar - fornece uma mixagem diferente daquela que é entregue ao público. Você não ouve mais nada além daquilo. A primeira coisa que você pensa quando não escuta um vocal ou qualquer outro instrumento é que supostamente ele está lá e que é apenas um problema com os monitores relacionados ao equipamento que você leva na orelha, o que pode acontecer às vezes.


Em outras palavras, ela não tinha ideia do que estava acontecendo e apenas fez os seus vocais. Então, resumindo para quem não curte o trabalho de Gaga e está usando a internet para espalhar xingamentos e ódio, acho que você tem que olhar para alguns pontos:

A) Que outro superstar do pop se atreveria a subir em um palco, ainda por cima do Grammy, com o Metallica ou qualquer outra banda de metal?

B) Quem mais poderia sair de um disco ao lado de Tony Bennett para tocar com o Metallica no momento seguinte, demonstrando amor, respeito e apreço por ambos?

C) Claro, a sua performance talvez tenha sido um pouco exagerada para aqueles que só se interessam pelo Metallica. Mas, novamente, ela é Lady Gaga, afinal das contas

D) Sim, ela faz muito teatro, mas ela também é uma artista que pode te conquistar apenas com sua voz e piano

E) Dado o interesse que Lars tem por ela e pela arte, e de fazer o inesperado na música, faz absolutamente sentido que eles colaborem um com o outro

F) Ela se deu bem na melodia e nos vocais se você deixar as imagens e apenas ouvir o que está acontecendo? Claro que sim! E a música foi muito bem escolhida, também.

A única coisa que eu mudaria além dos acidentes - que foram acidentais, é preciso frisar - é esta: por que pareceu que estava rolando uma aula de zumba lá em cima? De quem foi essa ideia? Colocar verdadeiros fãs em cima do palco, como o Metallica já fez em diversos shows, e não um monte de bailarinas, me parece uma ideia melhor. E o fato de todas as bailarinas estarem vestindo um ‘guarda-roupa de metal’ também ajudou a deixar as coisas meio caricatas. Dito isso, são pequenos ajustes que precisam ser feitos, e tenho certeza que o Metallica e Lady Gaga vão fazer isso novamente.

13 de fev de 2017

Segundo Lars, Metallica considera efetivar Lady Gaga como integrante permanente

segunda-feira, fevereiro 13, 2017

Todo mundo que acompanha a carreira do Metallica sabe que Lars Ulrich fala pelos cotovelos e é empolgado pra caramba com as situações que acontecem com a banda. Ao mesmo tempo, o baterista é o líder administrativo do grupo, o cara que toma as decisões sobre a carreira do quarteto, enquanto James Hetfield cuida do direcionamento musical. Basta ler qualquer livro sério sobre a história do Metallica pra perceber o quanto isso é verdade.

Então … Sobre a colaboração com Lady Gaga durante o Grammy 2017, Lars Ulrich declarou: “Estamos bastante emocionados com o que conseguimos fazer no Grammy. Agora temos uma nova cantora - bem, temos mais uma voz principal, essa é a melhor maneira de definir isso -, e estávamos conversando sobre a possibilidade de torná-la uma integrante permanente do Metallica e sermos uma banda com cinco pessoas a partir de agora. Ela é a garota mais legal do metal em qualquer parte do universo, confie em mim”.

Kirk Hammett contou como a ideia da colaboração surgiu: “Você sabe que os caras do Grammy sempre gostam de fazer esses duetos. E quando nos sugeriram trabalhar com Lady Gaga, pensamos: ‘Isso é interessante’. Quando ela veio trabalhar conosco, foi tudo muito bem. Ela estava realmente aberta e disposta a trabalhar com arranjos diferentes. Foi ótimo!”.

Robert Trujillo também falou sobre a colaboração com Lady Gaga: “Ela tem muita personalidade e atitude, o que é importante para o que fazemos. E ela veio realmente nos assistir a tocar. Fizemos um pequeno no teatro Henry Fonda em Los Angeles, e ela assistiu atentamente a todo o show. Ela realmente curtiu, dava pra ver isso, e então tudo começou magicamente a acontecer”.

Será que veremos um MetalliGa a partir de agora? Falando de maneira mais realista, acredito que a banda deve estar considerando gravar um disco com Lady Gaga, levando a experiência do Grammy para o estúdio e trabalhando em músicas inéditas. A empolgação de Lady Gaga com a esperiência também foi compartilhada pela artista em suas redes sociais, em uma reciprocidade genuína e que empolga os fãs de ambos os lados. Seria demais, não?

Deixe abaixo a sua opinião sobre o assunto.

Metallica anuncia turnê com Avenged Sevenfold, Volbeat e Gojira

segunda-feira, fevereiro 13, 2017

O Metallica anunciou uma turnê pelos Estados Unidos entre os meses de maio e agosto com shows de abertura a cargo de Avenged Sevenfold, Volbeat e Gojira. Já foram confirmadas 25 datas, com o primeiro show acontecendo dia 10 de maio em Baltimore.

Abaixo estão as datas da WorldWired Tour 2017:

May 10 - Baltimore, MD - M&T Bank Stadium*^
May 12 - Philadelphia, PA - Lincoln Financial Field*^
May 14 - East Rutherford, NJ - MetLife Stadium*^
May 17 - Uniondale, NY - New Coliseum^
May 19 - Boston, MA - Gillette Stadium ^
May 21 - Columbus, OH - Rock On The Range Festival (SOLD OUT)
June 04 - St. Louis, MO - Busch Stadium^ 
June 07 - Denver, CO - Sports Authority Field*^
June 11 - Houston, TX - NRG Stadium*^
June 14 - San Antonio, TX - Alamodome* 
June 16 - Dallas, TX - AT&T Stadium* 
June 18 - Chicago, IL - Soldier Field* 
July 05 - Orlando, FL - Camping World Stadium*^
July 07 - Miami, FL - Hard Rock Stadium*^
July 09 - Atlanta, GA - Suntrust Park*^
July 12 - Detroit, MI - Comercia Park*^
July 14 - Quebec City, QC- Festival D'Ete 
July 16 - Toronto, ON - Rogers Centre*^
July 19 - Montreal, QB - Parc Jean-Drapeau*^
July 29 - Los Angeles, CA - Rose Bowl*+
August 04 - Phoenix, AZ - University of Phoenix Stadium*+
August 06 - San Diego, CA - Petco Park*+
August 09 - Seattle, WA - Centurylink Field*+
August 14 - Vancouver, BC - BC Place*+
August 16 - Edmonton, AB - Commonwealth Stadium*+

* com o Avenged Sevenfold
^ com o Volbeat
+ com o Gojira

10 de fev de 2017

Metallica chega ao número 1 da Billboard com “Atlas, Rise!”

sexta-feira, fevereiro 10, 2017

“Atlas, Rise!”, single mais recente do Metallica, chegou ao número 1 da parada Mainstream Rock da Billboard. É a nona música da carreira da banda a atingir o topo, empatando com o número do Aerosmith. 

Os primeiros do ranking, com o maior número de números 1 desde que o chart foi instituído, são:

13 Van Halen (entre 1982 e 1998)
12 Three Days Grace (2004-15)
10 Tom Petty & The Heartbreakers (1981-94)
10 Shinedown (2005-16)
9 Aerosmith (1989-2001)
9 Metallica (1996-2017)
8 Linkin Park (2003-14)
8 Nickelback (2001-14)



9 de fev de 2017

Lady Gaga conta como surgiu a ideia de tocar com o Metallica

quinta-feira, fevereiro 09, 2017

Em entrevista para a Apple Music, Lady Gaga contou como surgiu a ideia da parceria com o Metallica. A cantora tocará com a banda neste domingo, durante a cerimônia do Grammy. 

A ideia para a parceria apareceu quando estávamos na casa de Bradley (Cooper, ator) com Lars. Tenho que falar uma coisa: fui assistir o Metallica ao vivo. Quero dizer, já vi a banda muitas vezes, mas assisti eles ao vivo recentemente e esses caras estão tocando melhor do que nunca. A banda está soando incrível!”.

O Grammy 2017 acontece neste domingo, dia 12/02, e será transmitido ao vivo para o Brasil pela TNT.


ONLINE

PAGEVIEWS

PESQUISE