5 de nov de 2018

Nova HQ de Marcello Quintanilha em campanha para financiamento coletivo


A Editora Veneta lançará a nova HQ do brasileiro Marcello Quintanilha através de uma campanha de financiamento coletivo através da plataforma Catarse. Esta será a primeira experiência da editora neste formato.

Luzes de Niterói será a primeira publicação de Quintanilha em três anos, desde Talco de Vidro, que saiu em 2015. Neste novo livro, o artista volta à cidade onde nasceu e cresceu, Niterói, e mergulha nas águas da Baía da Guanabara, trazendo uma trama baseada em fatos reais que ocorreram nos anos 1950. Uma aventura que envolve pescadores, futebol, a vedete Luz del Fuego e o primeiro campo naturista do Brasil. A HQ narra as aventuras do jovem Hélcio, inconsequente e promissor "beque" direito" (equivalente ao que hoje conhecemos como lateral direito), e seu amigo Noel, portador de uma severa deformidade física, e tem como inspiração passagens da vida do pai de Quintanilha, que foi jogador do time de futebol Manufatora Atlético Clube, emblemática equipe operária do bairro Barreto, em Niterói.

A HQ será lançada em uma edição de luxo, para colecionadores e fãs de quadrinhos e da boa literatura em geral, em um livro de capa dura, impresso em papel couché fosco 150g, com 240 páginas em formato 17x24 cm.

Um dos maiores nomes do quadrinho brasileiro, Marcello Quintanilha nasceu em 1971, em Niterói. Atualmente mora em Barcelona. Autodidata, tornou-se quadrinista profissional ainda adolescente, nos anos 1980, desenhando gibis de terror e artes marciais para a editora Bloch. A partir dos anos 1990, publicou quadrinhos em O Estado de São Paulo, Bravo, Le Monde, Internazionale, Art Review, Heavy Metal, etc.; além de atuar como diretor de animação e colaborar como ilustrador para revistas como Trip, TPM, Playboy, Vip, A Revista, Contra Relógio e os jornais La Vanguardia e El País. Em 1999, lançou seu primeiro livro de quadrinhos: Fealdade de Fabiano Gorilla (Conrad), quando ainda assinava Marcello Gaú. Depois vieram Sábado dos Meus Amores (Conrad, 2009) e Almas Públicas (Conrad, 2011). 

Tudo mudou com Tungstênio (Veneta, 2014), sua primeira história longa e primeiro trabalho publicado pela Veneta. O livro foi lançado na Espanha, França, Alemanha, Itália e Polônia. Um sucesso internacional que rendeu a Quintanilha diversos prêmios, incluindo o Angoulême e o Rudolph Dirks. Em 2018 a adaptação do livro estreou nos cinemas brasileiros, dirigida por Heitor Dhalia, com uma estética bastante fiel ao livro. Talco de Vidro (Veneta, 2015) foi outro grande sucesso de vendas e de crítica, e Hinário Nacional (Veneta, 2016) foi premiado com um Jabuti. Seu livro mais recente é Todos os Santos (Veneta, 2018) e reúne ilustrações e histórias curtas desde o início da carreira do artista. Luzes de Niterói terá lançamento simultâneo na Europa.

Criada em 2012, a Veneta é uma das mais importantes editoras independentes do Brasil. Publica quadrinhos autorais nacionais e estrangeiros, livros sobre cultura pop, ativismo, ficção e não-ficção. Ganhou o troféu HQ Mix de melhor editora em 2014 e teve livros premiados com o Eisner Awards, Angoulême, Rudolph Dirks, Ignatz e Jabuti.




Nenhum comentário:

ONLINE

PAGEVIEWS

PESQUISE