[Carrossel][carousel][6]

23 de out de 2017

Quadrinhos: Beasts of Burden - Rituais Animais, de Evan Dorkin e Jill Thompson

segunda-feira, outubro 23, 2017

Estima-se que os cães tenham sido domesticados há aproximadamente 40 mil anos. E desde então o homem começou a aprimorar a sua relação tanto com os cachorros quanto com os gatos, levando-os para dentro de suas casas, inserindo-os em seu convívio diário e transformando-os em animais de estimação, em uma relação de benefício mútuo que hoje está consolidada.

Beasts of Burden cativa, primeiramente, por essa relação milenar entre seres humanos e animais. Afinal, é facílimo sentir empatia pela turma de cães (e um gato) que investiga estranhos fenômenos paranormais ocorridos na vizinhança da pequena cidade de Burden Hill. O quadrinho, escrito por Evan Dorkin (Liga da Justiça, Superman, Capitão América) e ilustrado por Jill Thompson (Mulher-Maravilha, Monstro do Pântano, Os Invisíveis), começou a ser publicado nos Estados Unidos pela Dark Horse em 2003, primeiramente dentro de uma revista para diversos novos títulos da editora e mais tarde, devido ao sucesso, em sua própria revista. 

Rituais Animais (capa dura, formato 18,5 x 27 cm, papel couché, 188 páginas) marca a estreia da série no Brasil, e finalmente traz para os leitores brasileiros uma das HQs mais premiadas dos últimos anos. Só pra sentir o impacto de Beasts of Burden, o quadrinho já ganhou nada mais nada menos do que 8 Eisner Awards. O título é o quarto lançamento do Pipoca & Nanquim, vem em uma edição impecável em todos os sentidos e reforça consideravelmente o interessante catálogo que a editora está montando.


Um ponto importante é que, apesar de contar com animais falantes, Beasts of Burden não possui nada de infantil. Na verdade, trata-se de um quadrinho de horror, de terror e de mistério, com temas pesados e que, em diversos momentos, é capaz de gerar momentos de silêncio após suas histórias, aquela pausa necessária para assimilar o chute no estômago que a leitura acabou de proporcionar. O roteiro de Dorkin é muito bem escrito e flui com naturalidade, imprimindo personalidades distintas a cada um dos cães da turma. Ele mergulha a cada nova história em um mundo mais sombrio, fazendo com que a experiência de leitura vá se tornando mais pesada passo a passo - porém, não menos cativante. Esse aspecto do texto de Evan contrasta com a linda e já característica arte de Jill Thompson, com quadros belíssimos produzidos com aquarelas e que, em um primeiro momento, reforçam o aspecto lúdico da trama. No entanto, Thompson entrega também explosões gráficas que reforçam as viradas da trama, indo dos bucólicos momentos iniciais da história até chegar em frenéticas e surreais explosões gráficas que deixam ainda mais impactantes os temos explorados por Dorkin. 

Há algumas histórias neste primeiro volume que são de cair o queixo. Um Cachorro e seu Garoto, por exemplo, é de arrepiar pela reviravolta final. Já Perdido, onde acompanhamos a busca pelos filhotes desaparecidos de uma cachorra que foi procurar a ajuda da turma, é de uma sensibilidade tocante e capaz de arrancar lágrimas do leitor. Nos momentos mais pesados, Beasts of Burden consegue se equiparar à grandes títulos de terror do mundos dos quadrinhos, e isso não é um exagero.



Uma leitura complexa e repleta de significados e interpretações, Beasts of Burden: Rituais Animais explora temas como amizade, família, companheirismo, zumbis, lobisomens, traições, bruxas, feitiçaria e muito mais, tudo em um universo muito bem construído que evolui no seu próprio ritmo e traz um lirismo poucas vezes visto nos quadrinhos. Por isso mesmo, trata-se de uma HQ literalmente sensacional, com um nível de qualidade altíssimo e que nos faz questionar os motivos de ficar inédita no Brasil durante tantos anos.

Vou arriscar, mas sei que não vou me arrepender: está aqui um integrante certo no top 5 de melhores quadrinhos publicados no Brasil em 2017.

Leitura obrigatória!

Compre com desconto aqui.

Box do The Sweet traz 9 discos e 30 faixas bônus

segunda-feira, outubro 23, 2017

A Sony lançará dia 10/11 uma caixa com nove discos dedicada à banda inglesa The Sweet. Com o título de Sensational Sweet - Chapter One: The Wild Bunch, o box foca no período entre 1971 e 1978 e traz muito material extra.

Ao todo, foram incluídas trinta faixas bônus no material, que traz todos os seis primeiros álbuns do Sweet, mais um CD com faixas raras, um ao vivo e outro com as BBC Sessions registradas pelo grupo. A caixa inclui também um livreto de 52 páginas com textos e fotos inéditas, além dos discos em embalagens digipak.


Veja o tracklist completo:

CD 1 – ‘Funny, How Sweet Co Co Can Be’
Original Studio Album + 1 bonus track
1. Co-Co
2. Chop Chop
3. Reflections
4. Honeysuckle Love
5. Santa Monica Sunshine
6. Daydream
7. Funny Funny
8. Tom Tom Turnaround
9. Jeanie
10. Sunny Sleeps Late
11. Spotlight
12. Done Me Wrong All Right
13. Be with You Soon

CD2 – ‘Sweet Fanny Adams’
Original Studio Album + 3 previously unreleased new bonus tracks
1. Set Me Free
2. Heartbreak Today
3. No You Don’t
4. Rebel Rouser
5. Peppermint Twist
6. Sweet F.A.
7. Restless
8. In to the Night
9. AC-DC
10. In to the Night
11. Set Me Free
12. Rebel Rouser (Steve Priest Lead Vocal Version)

CD3 – ‘Desolation Boulevard’
Original Studio Album + 7 bonus tracks, 4 of them are previously unreleased new content
1. The Six Teens
2. Solid Gold Brass
3. Turn It Down
4. Medussa
5. Lady Starlight
6. Man With the Golden Arm
7. Fox on the Run
8. Breakdown
9. My Generation
10. I Wanna Be Committed
11. Medussa
12. Burn on the Flame
13. Turn It Down
14. Are You Coming to See Me
15. Fox on the Run
16. Lady Starlight – Andy Scott

CD4 – ‘Give Us A Wink!’
Original Studio Album + 4 bonus tracks, 1 of them are previously unreleased new content
1. The Lies in Your Eyes
2. Cockroach
3. Keep It In
4. 4th of July
5. Action
6. Yesterday’s Rain
7. White Mice
8. Healer
9. Cockroach
10. 4th of July
11. Action
12. Cockroach

CD5 - ‘Off The Record’
Original Studio Album + 7 bonus tracks, 2 of them are previously unreleased new content
1. Fever of Love
2. Lost Angels
3. Midnight to Daylight
4. Windy City
5. Live for Today
6. She Gimme Lovin’
7. Laura Lee
8. Hard Times
9. Funk It Up
10. Midnight to Daylight
11. Lost Angels
12. She Gimme Lovin’
13. Hard Times
14. Fever of Love
15. Fever of Love
16. A Distinct Lack of Ancient

CD 6 – ‘Level Headed’
Original Studio Album + 7 bonus tracks, 4 of them are previously unreleased new content
1. Dream On
2. Love Is Like Oxygen
3. California Nights
4. Strong Love
5. Fountain
6. Anthem No I (Lady of the Lake)
7. Silverbird
8. Lettres D’Amour
9. Anthem No II
10. Air on a Tape Loop
11. Love Is Like Oxygen
12. California Nights
13. Cover Girl
14. Show Me the Way
15. Dream On
16. Strong Love
17. California Nights
18. Dream On

CD 7 – ‘The Lost Singles’
Non-Album-Singles & B-Sides Compilation (83 minutes playing time)
1. Stairway to the Stars
2. Why Don’t You Do It to Me
3. Funk It Up
4. A Distinct Lack of Ancient
5. Action
6. Fox on the Run
7. Miss Demeanor
8. Someone Else Will
9. Burn on the Flame
10. Teenage Rampage
11. Own Up, Take a Look at Yourself
12. The Ballroom Blitz
13. Rock & Roll Disgrace
14. Hell Raiser
15. Burning
16. Blockbuster
17. Need a Lot of Lovin’
18. Wig Wam Bam
19. New York Connection
20. Little Willy
21. Man From Mecca
22. Poppa Joe
23. Alexander Graham Bell
24. You’re Not Wrong for Loving Me

CD 8 – ‘The Rainbow (Sweet Live in The UK)’
The full concert – previously unavailable on CD since 2007
1. The Stripper (Intro)
2. Hell Raiser
3. Burning/Someone Else Will
4. Rock’n Roll Disgrace
5. Wig Wam Bam
6. Need A Lot Of Loving
7. Done Me Wrong All Right
8. You’re Not Wrong for Loving Me
9. The Man with the Golden Arm
10. Little Willy
11. Teenage Rampage
12. Rock’n Roll Medley
13. Ballroom Blitz
14. Block Buster!

CD 9 – ‘The Sweet At The BEEB (The BBC Radio Sessions)’
17 Tracks, 15 newly unearthed and previously unreleased
1. Lollipop Man
2. Time
3. The Juicer
4. All You’ll Ever Get from Me
5. Love Me Two Times
6. I Can’t Explain
7. Paperback Writer
8. I Can Hear the Grass Grow
9. Baby What You Want Me to Do
10. The Who Medley
11. Summertime Blues
12. Done Me Wrong All Right
13. Mr. Business Man
14. Santa Monica Sunshine
15. Chop Chop
16. Rock’n’Roll Repetition
17. Need a Lot of Lovin’

Caixa especial reúne toda a discografia solo de Phil Collins

segunda-feira, outubro 23, 2017

A Warner lançará dia 24/11 o box Take a Look At Me Now …, com todos os discos solo de Phil Collins devidamente remasterizados.

A caixa vem com 8 CDs, porém não inclui faixas bônus, que ficaram restritas às versões deluxe dos álbuns. Os discos vêm em edições digipak luxuosas, acondicionadas em uma caixa com “capa dura”.

Tracklist completo abaixo:

CD 1 – Face Value
1. In The Air Tonight (2015 Remastered)
2. This Must Be Love (2015 Remastered)
3. Behind The Lines (2015 Remastered)
4. The Roof Is Leaking (2015 Remastered)
5. Droned (2015 Remastered)
6. Hand In Hand (2015 Remastered)
7. I Missed Again (2015 Remastered)
8. You Know What I Mean (2015 Remastered)
9. Thunder And Lightning (2015 Remastered)
10. I’m Not Moving (2015 Remastered)
11. If Leaving Me Is Easy (2015 Remastered)
12. Tomorrow Never Knows (2015 Remastered)

CD 2 – Hello, I Must Be Going
1. I Don’t Care Anymore (2016 Remastered)
2. I Cannot Believe It’s True (2016 Remastered)
3. Like China (2016 Remastered)
4. Do You Know, Do You Care? (2016 Remastered)
5. You Can’t Hurry Love (2016 Remastered)
6. It Don’t Matter To Me (2016 Remastered)
7. Thru These Walls (2016 Remastered)
8. Don’t Let Him Steal Your Heart Away (2016 Remastered)
9. The West Side (2016 Remastered)
10. Why Can’t It Wait ‘Til Morning (2016 Remastered)

CD 3 – No Jacket Required
1. Sussudio (2016 Remastered)
2. Only You Know And I Know (2016 Remastered)
3. Long Long Way To Go (2016 Remastered)
4. I Don’t Wanna Know (2016 Remastered)
5. One More Night (2016 Remastered)
6. Don’t Lose My Number (2016 Remastered)
7. Who Said I Would (2016 Remastered)
8. Doesn’t Anybody Stay Together Anymore (2016 Remastered)
9. Inside Out (2016 Remastered)
10. Take Me Home (2016 Remastered)
11. We Said Hello Goodbye (2016 Remastered)

CD 4 – …But Seriously
1. Hang In Long Enough (2016 Remastered)
2. That’s Just the Way It Is (2016 Remastered)
3. Do You Remember? (2016 Remastered)
4. Something Happened On The Way To Heaven (2016 Remastered)
5. Colours (2016 Remastered)
6. I Wish It Would Rain Down (2016 Remastered)
7. Another Day In Paradise (2016 Remastered)
8. Heat On The Street (2016 Remastered)
9. All Of My Life (2016 Remastered)
10. Saturday Night And Sunday Morning (2016 Remastered)
11. Father To Son (2016 Remastered)
12. Find A Way To My Heart (2016 Remastered)

CD 5 – Both Sides
1. Both Sides Of The Story (2015 Remastered)
2. Can’t Turn Back The Years (2015 Remastered)
3. Everyday (2015 Remastered)
4. I’ve Forgotten Everything (2015 Remastered)
5. We’re Sons Of Our Fathers (2015 Remastered)
6. Can’t Find My Way (2015 Remastered)
7. Survivors (2015 Remastered)
8. We Fly So Close (2015 Remastered)
9. There’s A Place For Us (2015 Remastered)
10. We Wait And We Wonder (2015 Remastered)
11. Please Come Out Tonight (2015 Remastered)

CD 6 – Dance Into The Light
1. Dance Into The Light (2016 Remastered)
2. That’s What You Said (2016 Remastered)
3. Lorenzo (2016 Remastered)
4. Just Another Story (2016 Remastered)
5. Love Police (2016 Remastered)
6. Wear My Hat (2016 Remastered)
7. It’s In Your Eyes (2016 Remastered)
8. Oughta Know By Now (2016 Remastered)
9. Take Me Down (2016 Remastered)
10. The Same Moon (2016 Remastered)
11. River So Wide (2016 Remastered)
12. No Matter Who (2016 Remastered)
13. The Times They Are A-Changin’ (2016 Remastered)

CD 7 – Testify
1. Wake Up Call (2016 Remastered)
2. Come With Me (2016 Remastered)
3. Testify (2016 Remastered)
4. Don’t Get Me Started (2016 Remastered)
5. Swing Low (2016 Remastered)
6. It’s Not Too Late (2016 Remastered)
7. This Love This Heart (2016 Remastered)
8. Driving Me Crazy (2016 Remastered)
9. The Least You Can Do (2016 Remastered)
10. Can’t Stop Loving You (2016 Remastered)
11. Thru My Eyes (2016 Remastered)
12. You Touch My Heart (2016 Remastered)

CD8 – Going Back
1. Going Back (2016 Remastered)
2. Girl (Why You Wanna Make Me Blue) [2016 Remastered]
3. (Love Is Like A) Heatwave (2016 Remastered)
4. Some Of Your Lovin’ (2016 Remastered)
5. Going To A Go-Go (2016 Remastered)
6. Papa Was A Rolling Stone (2016 Remastered)
7. Loving You Is Sweeter Than Ever (2016 Remastered)
8. Something About You (2016 Remastered)
9. Talkin About My Baby (2016 Remastered)
10. Do I Love You (2016 Remastered)
11. Never Dreamed You’d Leave In Summer (2016 Remastered)
12. Take Me In Your Arms (Rock Me For A Little While) [2016 Remastered]
13. Too Many Fish In The Sea (2016 Remastered)
14. Uptight (Everything’s Alright) [2016 Remastered]

Principal atração da turnê de retorno do Helloween, Michael Kiske está com problemas em sua voz

segunda-feira, outubro 23, 2017

Principal atração da turnê de reunião do Helloween, Michael Kiske está com problemas em sua voz. A banda alemã revelou isso através de um comunicado em suas redes sociais, informando também que irá alterar o setlist do show em San Jose, Costa Rica, nesta segunda 23/10, para que o vocalista possa se recuperar.

Além disso, vídeos gravados por fãs (e já devidamente retirados do YouTube, infelizmente) mostram que Michael Kiske utilizou playback com bases pré-gravadas no primeiro show da turnê, realizado na quinta-feira passada, 19/10, em Monterrey, no México.

Eu gostaria de fazer uma pergunta agora: essa tour foi anunciada e planejada com meses e meses e meses de antecedência. E por mais que Kai Hansen também esteja envolvido, o principal motivo para o seu sucesso e a enorme quantidade de shows sold out é a presença de Kiske. Os fãs do Helloween sonham com o retorno de Michael Kiske para a banda há décadas, e por isso irão a esses shows. Existe outra palavra que não seja falta de profissionalismo para que os problemas com a voz de Kiske surjam exatamente nesse momento aguardado há anos? Por favor, me respondam.

A banda toca no Brasil nos dias 28, 29 e 31 de outubro, com dois shows em São Paulo (que serão gravados pela banda) e outro em Porto Alegre. Será que “o melhor vocalista de todos os tempos”, como os mais fanáticos gostam de chamar, terá voz ou frustrará enormemente a maior base de fãs do Helloween em todo o planeta?

22 de out de 2017

Scott Ian lançará o seu segundo livro em dezembro

domingo, outubro 22, 2017

Scott Ian, guitarrista do Anthrax, lançará o seu segundo livro em dezembro. Dia 12/12 chegará às livrarias dos Estados Unidos Access All Areas: Stories From a Hard Rock Life, onde o músico relata as experiências e histórias que viveu em mais de trinta anos de carreira.

O primeiro livro de Ian, I´m the Man: The Story of That Guy From Anthrax, foi publicado em outubro de 2014. Não há previsão do lançamento de nenhum dos dois títulos no Brasil, infelizmente.

21 de out de 2017

Whitesnake anuncia novo disco ao vivo

sábado, outubro 21, 2017

O Whitesnake lançará dia 24/11 o ao vivo The Purple Tour, registro da turnê de 2015 onde David Coverdale e sua turma revisitaram o repertório do Deep Purple no disco The Purple Album. O título será disponibilizado em CD, LP, CD+DVD, CD+blu-ray e nos formatos digitais.

A formação da banda na época contava com Coverdade, os guitarristas Reb Beach e Joel Hoekstra, o tecladista Michele Luppi, o baixista Michael Devin e o baterista Tommy Aldridge.

Abaixo está o tracklist:

1.    “Burn”
2.    “Bad Boys”
3.    “Love Ain’t No Stranger”
4.    “The Gypsy”
5.    “Give Me All Your Love”
6.    “Ain’t No Love In The Heart Of The City”
7.    “Mistreated”
8.    “You Fool No One”
9.    “Soldier of Fortune”
10.  “Is This Love”
11.  “Fool For Your Loving”
12.  “Here I Go Again”
13.  “Still of the Night”

DVD/Blu-ray content:

1.    Concert Video in 5.1 and Stereo


2.    “Burn” – Music Video
3.    Band Interviews

Bonus 5.1 High Resolution Live Audio:
4.    “You Keep On Moving”
5.    “Lay Down Stay Down”
6.    “Lotsanotes”
7.    “Stormbringer”

20 de out de 2017

Os 40 anos do trágico acidente que mudou a vida do Lynyrd Skynyrd

sexta-feira, outubro 20, 2017

Há exatos 40 anos, em 20 de outubro de 1977, o Lynyrd Skynyrd tinha a sua carreira totalmente comprometida com o trágico acidente de avião que tirou a vida do vocalista Ronnie Van Zant, do guitarrista Steve Gaines, da backing vocal Cassie Gaines (irmã de Steve) e do manager Dean Kilpatrick.

Três dias antes, em 17/10, era lançado o quinto álbum do grupo, o ótimo Street Survivors. O álbum marcou a estreia em estúdio de Steve Gaines, que havia entrado na banda em maio de 1976. Street Survivors teve a sua recepção pela crítica e pelo público totalmente comprometida pela enorme repercussão do acidente. Um disco único, que mostrava a banda retomando a criatividade após os medianos Nuthin’ Fancy (1975) e Gimme Back My Bullets (1976), que apesar de conterem boas músicas estavam claramente abaixo dos ótimos dois primeiros álbuns, Pronounced Leh-‘nerd ‘Skin-‘nérd (1973) e Second Helping (1974). Street Survivors alcançou o quinto lugar nas paradas dos Estados Unidos e se tornou o segundo trabalho da banda a receber Disco de Platina. 

A tragédia fez com que a prensagem original em vinil fosse retirada das lojas, pois trazia uma imagem da banda envolta em chamas - a capa foi trocada por outra foto, com os músicos sob um fundo preto. Steve Gaines, em particular, está bem no centro das chamas presentes na capa original. Teresa, sua esposa, solicitou à MCA que retirasse a capa das lojas, o que a gravadora atendeu. A arte original só iria retornar trinta anos depois, na versão deluxe em CD.



É justo questionar onde a banda teria chegado caso o acidente não tivesse acontecido. Poucos meses antes, o Lynyrd Skynyrd roubou o show ao abrir para os Rolling Stones no Knebworth Festival, performance essa que está eternizada em vídeo e áudio em Freebird … The Movie, lançado em 1996. Se a banda é até hoje venerada pelo que fez em seus primeiros cinco álbuns, é correto supor que seria ainda maior.

O Lynyrd Skynyrd embarcou no avião Convair CV-300 após o show realizado no Greenville Memorial Auditorium, na Carolina do Sul, com destino à Baton Rouge, na Louisiana, onde tocariam na noite seguinte. No entanto, a velha aeronave, com mais de trinta anos de uso, apresentou falhas no motor e começou a perder combustível. Os pilotos informaram as torres de monitoramento aéreo sobre o problema e foram desviados para o McComb-Pike County Airport, no Mississippi. No entanto, a aeronave acabou ficando sem combustível, o que fez com que os pilotos tentassem um pouso de emergência em uma floresta à nordeste da cidade de Gillsburg, também no Mississippi.

A queda matou instantaneamente Van Zant, os irmãos Gaines, Killpatrick, o piloto Walter McCreary e co-piloto William Gray. Os demais integrantes da banda - os guitarristas Allen Collins e Gary Rossington, o baixista Leon Wilkeson, o pianista Billy Powell, o baterista Artimus Pyle e a backing vocal Leslie Hawkins - e a equipe técnica ficaram gravemente feridos.


A banda se dissolveu e encerrou as atividades após o acidente, reunindo-se apenas uma vez em janeiro de 1979 para tocar uma versão instrumental de “Free Bird” no Volunteer Jam, show organizado por Charlie Daniels. Na ocasião, Collins, Rossington, Powell e Pyle tocaram acompanhados por músicos da banda de Daniels. Wilkeson, ainda fazendo fisioterapia no braço esquerdo afetado pela queda, estava presente mas não tocou. Judy Van Zant (viúva de Ronnie), Teresa Gaines (viúva de Steve), JoJo Billingsley (backing vocal) e Leslie Hawkins também estavam no palco.

Em 1987 o Lynyrd Skynyrd realizou uma turnê para relembrar os dez anos do acidente. A formação da banda na época contou com Gary Rossington, Billy Powell, Leon Wilkeson e Artimus Pyle, mais o guitarrista original Ed King e Johnny Van Zant nos vocais, substituindo o irmão Ronnie. Allen Collins não participou porque sofreu um acidente de carro em 1986, quando bateu o seu veículo dirigindo bêbado. O acidente matou a sua namorada e o deixou paralisado permanentemente, preso a uma cadeira de rodas. Collins faleceria em 23 de janeiro de 1990, vítima de uma pneumonia.

A turnê foi bem aceita e está registrada no álbum duplo ao vivo Southern by the Grace of God: Lynyrd Skynyrd Tribute Tour 1987. O sucesso levou o grupo a retomar a carreira com uma formação renovada, efetivada com o disco Lynyrd Skynyrd 1991, lançado em junho daquele ano. Desde então, o Lynyrd Skynyrd está na ativa, mantendo vivo o seu legado.

Abaixo você pode assistir ao vídeo da banda tocando “Free Bird” na turnê de 1987, um documento emocionante e que mostra a força de um dos maiores hinos do rock de todos os tempos:

FOLLOW @ INSTAGRAM

ONLINE

PAGEVIEWS

PESQUISE