5 de out de 2012

Turnê brasileira do Destruction é cancelada: entenda porque essa notícia é um marco para a cena heavy metal brasileira

Ontem, quinta-feira 04/10, ventilava-se durante todo o dia a cada vez maior possibilidade de que a turnê brasileira da banda alemã Destruction, marcada para a primeira quinzena de dezembro, seria cancelada. O motivo: a enorme reação negativa do público ao descobrir que quem estava promovendo os shows era a até então desconhecida Indestructible Entretenimento.

Mas quem é essa tal de Indestructible? Bem, trata-se da nova empresa de Felipe Negri, proprietário da Negri Concerts, uma das produtoras responsáveis pelo show de falcatruas e falta de respeito que foi o Metal Open Air, festival anunciado como grandioso mas que se transformou em um dos maiores fiascos da história do mercado musical brasileiro - leia tudo que publicamos sobre o MOA aqui.


De maneira petulante, arrogante e provocativa - aliás, como sempre agiu -, Felipe Negri, que enfrenta vários processos na justiça movidos por fãs lesados pela falcatrua monstruosa do MOA, mudou o nome de sua empresa e batizou com a prepotente alcunha de Indestructible. Indestrutível quem, cara pálida?

Essa notícia chegou até os fãs, que se mobilizaram e divulgaram a nova “empreitada” de Negri, fazendo tudo tomar uma proporção gigantesca. E foi justamente essa mobilização em massa nas redes sociais que derrubou Felipe do cavalo - leia mais aqui.

A enorme reação negativa chegou até os ouvidos do Destruction, e Schmier, líder do grupo, decidiu adiar a tour devido exclusivamente a esse feedback. Basta ler o que o músico postou no Twitter para perceber isso: 


Toda essa história marca o começo de um novo capítulo na cena heavy metal aqui no Brasil. O início de uma nova mentalidade, com os fãs percebendo que possuem uma força enorme e que não pode ser ignorada e menosprezada nem pelas bandas, nem pelas gravadoras, nem pela imprensa. Mais uma vez: o mercado mudou, a realidade é outra. Pouquíssimas pessoas ainda compram discos, o mercado editorial perde força a cada dia, os sites e blogs crescem cada vez mais e assumem o lugar que antes era das revistas, a principal fonte de renda das bandas está hoje nos shows. 

Essa postura do público brasileiro merece uma enorme salva de palmas e uma ensurdecedora queima de fogos, pois demonstra não apenas união em torno de um objetivo comum - desmascarar as falcatruas de um cara notoriamente mal intencionado - mas, acima de tudo, a maturidade de um público que está cansado de jogos de interesses e tapinhas nas costas. Só espero que essa postura se mantenha assim em relação a tudo o que envolve e está errado na cena metálica brasileira, e que já cansamos de falar por aqui ;-)

20 comentários:

Michel disse...

Parabéns Ricardo pelo tema e por expor um conteúdo como esse no qual outros sites não publicariam.

Acredito que esse cenário debochado que vivemos está pouco a pouco mudando. Torço agora para que esses mesmos fãs, que hoje tem esse poder de expor seus pontos de vista, também reajam contra os preços abusivos cobrados em ingressos de shows.

De qualquer forma é muito bom saber que estamos nos movendo contra alguns que pensam poder fazer o que bem entendem.

cleibsom disse...

Ricardo, é por causa de uma notícia desta que eu acho que a crítica do tal Thiago ao boato da ressureição do Monster não tem o mínimo sentido. O cenário metal nacional está mudando e só não vê quem não quer ou é cego. Achar que revistas como a Roadie Crew e que os promotores picaretas de sempre têm força para manipular os headbangers brasileiros e fazer o que quiserem é de uma ignorância infinita, um festival de metal destinado apenas a ala chiita que este pessoal representa está destinado ao fracasso e, pode acreditar, os patriocinadores e promotores sérios sabem disto. As coisas mudaram, cara, não é preciso ficar chutando cachorro morto! Deixe os zumbis acharem que têm força, apesar de eu achar que eles sabem e estão desesperados por isso, que o tempo deles já passou.

Aumenta que isso aí é Rock n' Roll! disse...

Esse é o verdadeiro jornalismo independente. Sem medo de dar a cara a tapa e com grande coragem pra falar o que realmente deve ser falado.

Impressionante a impunidade desse cidadão chamado Felipe Negri. Uma hora ele vai ter que cair na real e ai vai ser bem tarde.

Parabéns Ricardo.

Rafael disse...

Ontem trocavamos ideia através do facebook sobre como poderia ser feito um boicote a este show. Não por causa do Destruction - que aliás é uma banda da qual eu gosto muito - mas para mostrar a esse fdp do Negri que não tem trouxa, que a galera metalhead tem força. Porém não tinha idéia que essa situação teria este desfecho. Acordei feliz com a notícia. Queria ver a fuça desses pilantras que acharam que ia dar tudo em pizza. É um tanto quanto piegas, mas é real: United we stand.

Rafael disse...

Ontem partcicipei de uma troca de idéias através do facebook sobre esse show, e sobre como poderia ser feito um boicote, como poderia ser dado um recado ao fdp do Negri que achava que mudando o nome da produtora, estaria dando o pulo do gato. A notícia deste cancelamento, da forma que se deu é importante mesmo para os metalheads. Demonstra força e união. Me deu orgulho de fazer parte disso. Indestrutível é a pqp, seus pilantras ... Indestrutíveis somos nós.

Thiérri disse...

O próximo passo é nos juntarmos para acabar com o preço abusivo dos ingressos e a maldita pista VIP

Thiérri disse...

O próximo passo é nos unirmos contra o preço abusivo dos ingressos e contra a maldita pista VIP

Fábio RT disse...

Perfeito comentário Thiérri...pois somos roubados neste ponto também

Louise disse...

É um ótimo começo pra mudança na cena! Próximo passo é acabar com a palhaçada de bandas brasileiras terem que pagar pra fazer show de abertura pra banda gringa.
ENOUGH!

Luiz Fernando Figueiredo disse...

Parabéns a todos que compartilharam a idéia contra esse estelionatário chamado, Felipe Negri e também toda a sua corja. Fique muito feliz por ter contribuído escrevendo a denúncia contra ele e a vida boa que sua família leva. Isso mostra que o futuro pode ser melhor, é só nos movimentarmos da forma certa para tentar corrigir as coisas. O público mostrou que não é tão bobo quanto era antigamente. Isso devido à facilidade de receber notícias que temos nos dias de hoje.

Márcio Bustamante disse...

Foda!! Fantástico!! Parabéns por toda articulação e pela matéria!!

Dinheiro Online disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Culver Yu disse...

Tomara que seja realmente o ínicio de transformação de toda a cena, porque a "panelagem" ainda existe (e como existe), devemos nos lembrar que a cena metal brasileira não se resume a apenas a cidade de São Paulo (quem está na batalha desde os anos 90 sabe do que se trata)...... #prontofalei

SCOBAR disse...

Parabéns a este blog, que fez parte disso. Digo até porque lembro bem que, pouco mais de um mês após o ocorrido, NINGUÉM falava mais de Negri (que estava a solta organizando a vinda de outras bandas), e muitos ainda absurdamente defendiam o "sucesso" do tal MOA.

E aí este blog fez um texto épico, algo como "NÃO PODEMOS ESQUECER DO QUE ACONTECEU NO MARANHÃO". Apelando para (ou contra) um dos grandes problemas do píblico: falta de memória!

Felizmente, o público parece ter memória, e mostrou que tb tem poder... quando quer...

Unknown disse...

Acho sensacional a porra toda! Pro poder ficar nas mãos certas de uma vez MESMO, só falta agora rolar boicote contra produtor safado de show, que cobra os tubos em shows de bandas nacionais, e NÃO PAGAM AS BANDAS.

Blog V disse...

mt bom mesmo isso.
mas o safado ainda pode usar diversas empresas de propiedade ate da mae dele e realizar shows sem o conhecimento de todos...
quem garante q amanha ele nao chame a banda e a turne seja reaçlizada por um "novo" empresario.....
mas parabens alem de todos os fas que compartilharam a foto e parabens a banda.

Rodrigo Simas disse...

FODA PRA CARALHO!!!

Parabéns mais uma vez...

Mr. Fusion disse...

Incrivel, incrível... não só aqui, mas em vários locais da internet, foruns e blogs, um número avassalador de bangers felizes pelo o que aconteceu, isso é mais do que a prova definitiva de que a nossa união pode derrubar barreiras, não há nada "indestrutivel" quando inúmeras pessoas se juntam em prol de algo. Que esse pessoal da Negri enxergue que o que eles fizeram, não vai custar barato, o acontecido lá no Maranhão, foi a pior coisa do ano dentro do cenário, será lembrado e citado por gerações. E por fim, quero dizer que com emails, twitter, facebook, orkut e blogs, não precisaremos usar de violência e ameaças para mudar algo, e caso alguns deles venham a ameaçar pessoas daqui, que os nomes sejem expostos, vamos dar nome aos bois e divulgar até a exaustão, até que eles paguem por tudo o que fizeram...

Maiara Zaminelli disse...

Próximo passo mesmo é ver estes produtores pilantras presos! Afinal eles venderam um festival que simplesmente não aconteceu e muitos pagaram caro por isso.

O Colecionador disse...

Pessoal parabéns pela atitude, mas nao esperem que a dupla que cometeu essa vigarisse seja devidamente encarcerada. Façam, lutem para que vosso suado dinheirinho, retorne são e salvo aos vossos bolsos. Só um alienado para comprar as idéias de uma revista como a Roadie Crew e por isso mesmo saudações a esta publicação eletrônica que mesmo com seus acertos e erros procura honestamente informar seus leitores.

ONLINE

PAGEVIEWS

PESQUISE