Como os comerciais dos cigarros Hollywood apresentaram o AOR para o público brasileiro


Durante os anos 1980, em uma época bem diferente da que vivemos hoje e em que as novidades musicais não estavam literalmente à distância de um clique (é sempre bom lembrar que naquela época a internet ainda não existia), milhares de fãs de rock brasileiros foram apresentados a uma coleção de músicas através dos comerciais de TV dos cigarros Hollywood. Eram canções com melodias pegajosas e refrãos marcantes, que mais tarde, com o passar dos anos e com a sabedoria que a experiência e a idade trazem, fomos nos dar conta que se tratavam dos maiores hits de AOR da época.

Invariavelmente, as canções que tocavam nos comerciais da Hollywood se transformavam em hits, rolando sem parar nas rádios. E o sucesso foi tamanho que essas músicas acabaram sendo reunidas em dois LPs que, igualmente, também fizeram muito sucesso entre a galera. O primeiro, com o título de Isto É Hollywood, foi lançado em 1982 pela Epic/A&M Records e trouxe dez músicas de nomes como Peter Frampton, Asia, REO Speedwagon, Survivor, Kansas, Santana, Toto e outros. Já o segundo, Isto é Hollywood Volume 2, chegou às lojas em 1984 com canções do Journey, Survivor, 38 Special, Bonnie Tyler e mais.


Os comerciais traziam sempre um clipe com cenas de esportes radicais como surf, motocross, paraquedismo, windsurf e outros, embalados com músicas de forte apelo comercial. Foi através desses discos e comerciais que muitas bandas foram apresentadas para nós, que na época éramos adolescentes. Eles começaram a ser produzidos na segunda metade dos anos 1970 e foram feitos até a primeira metade da década de 1990, sempre com músicas marcantes de cada ano. Assista abaixo alguns desses comerciais:



O sucesso das comerciais da Hollywood foi tamanho que em 1985 David Coverdale, que estava no Brasil com o Whitesnake para tocar na primeira edição do Rock in Rio, gravou um jingle em português que contou com a parte instrumental tocada pelos músicos do Roupa Nova e foi utilizado em mais uma campanha marcante. Aliás, foram os comerciais da Hollywood que apresentaram o Whitesnake para a grande maioria dos fãs brasileiros, diga-se de passagem. Assista ao comercial com David abaixo:





A associação com a marca de cigarros e a música foi tão marcante e profunda que a Souza Cruz, fabricante da Hollywood, acabou patrocinando um festival de música que teve oito edições. O Hollywood Rock acontece pela primeira vez em 1975, só com bandas brasileiras, tendo nomes como Rita Lee & Tutti-Frutti, Os Mutantes e Raul Seixas como atrações principais. Mas foi só a partir de segunda edição, que aconteceu em 1988, que o festival ganhou uma dimensão gigantesca. Nesse segundo momento, o Hollywood teve edições em 1988, 1990, 1992, 1993, 1994, 1995 e 1996, sempre com shows no Rio de Janeiro e em São Paulo. O palco do festival era montado na Praça da Apoteose ou no Sambódromo, no Rio, e nos estádios do Morumbi ou Pacaembu, em São Paulo. Tocaram no Hollywood Rock bandas como Simple Minds, Duran Duran, Supertramp, Bob Dylan, Marillion, Bon Jovi, Tears For Fears, Living Colour, Live, Extreme, Skid Row, Alice in Chains, Red Hot Chili Peppers, L7, Nirvana, Simply Red, Aerosmith, Poison, Ugly Kid Joe, Jimmy Page & Robert Plant, Smashing Pumpkins, Supergrass, White Zombie, The Cure, Urge Overkill, The Crowes e muitas outras.

Relembrando toda essa história, compilei as canções mais marcantes das coletâneas da Hollywood em uma playlist especial, pra quem viveu a época relembrar aquele período e para quem não sabia dessa história toda entender melhor do que estamos falando.

Divirtam-se!


Comentários