Conheça o incrível projeto Rap em Quadrinhos


Idealizado pelo Youtuber Gil Santos - o cara do canal Load Comics e que entrevistei aqui no site há um tempo - e pelo ilustrador Wagner Loud, o projeto Rap em Quadrinhos fez uma bela homenagem a vários rappers brasileiros, retratando-os como ícones das histórias em quadrinhos.

As ilustrações tiveram como referência capas icônicas de quadrinhos da Marvel e da DC, e uniram com inspiração e sensibilidade dois mundos repletos de aficcionados: a música e os quadrinhos. Load conta como é o processo criativo da dupla: "Eu sou responsável pela ligação das personalidades, escolho o herói e o MC, aí converso com o Loud e, quando chegamos em um acordo, ele desenha. É bem como criação de uma HQ: eu sou roteirista e ele o quadrinista”.

Loud fala sobre como tudo surgiu: "Eu já tinha feito uma série mesclando personagens Marvel com personalidades do punk rock, chamado Punk Rock em Quadrinhos. Fiz uma exposição na Central Panelaço, loja do João Gordo do Ratos de Porão. Desde aquela época eu queria fazer alguma coisa pro rap e conversando com o Load (que também gosta muito dos dois assuntos) a gente se animou pra começar o Rap em Quadrinhos. Basicamente a gente conversa, lista artistas que a gente gosta, o Load separa tudo e pensa no que cada herói tem a ver com cada MC. Fechando isso eu desenho e pronto. A gente tem tentado sempre mesclar a personalidade e o que cada personagem tem a ver com o MC. Perdemos um tempinho conversando e tentando chegar ao melhor possível pra não ser apenas o desenho pelo desenho”.

Load explica mais sobre o projeto: "Para dar o pontapé inicial escolhemos o Emicida como Miles Morales. Assim como o Miles Morales, o Emicida representa a nova geração e a mudança do cenário todinho. Foi mais ou menos essa linha de pensamento que eu segui. O Brown, por exemplo, sempre representou o Capão assim como o Pantera sempre representou Wakanda, e fora tudo que o Brown significa pro rap em questão de luta e representatividade. As ligações de cada artista vai da personalidade, de coisas em comum. Black Alien é um cara bem culto cheio de referências em suas letras, então pensamos nele como Dr. Estranho, muito por causa de uma de suas músicas chamada 'Universo Paralelo’”.

Divulgadas através das redes sociais dos idealizadores, a iniciativa reverberou enormemente nas redes sociais e levou à uma mostra na Central Panelaço, loja de João Gordo localizado em São Paulo.

Abaixo você confere as lindas ilustrações criadas por Wagner Loud, em um trabalho que encerrou o seu primeiro ciclo e, segundo seus criadores, terá uma segunda “temporada”.
























Comentários

  1. Vou ser direto, sou desenhista e gostaria de participar em criações, pôs acredito que é o mínimo da minha parte. Ja que essa grande massa encefálica da periferia me instruiu até aqui. Como faço pra contribuir com as artes?

    ResponderExcluir
  2. Vou ser direto, eu sou desenhista e gostaria de participar em criações, isso é o mínimo da minha parte pra expandir o RAP. Essa grande massa encefálica da periferia que me instruiu até aqui. como faço pra participar?

    ResponderExcluir
  3. pessoal ja estão comercializando essas Hqs??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não são HQs, são painéis com releituras de capas clássicas.

      Excluir

Postar um comentário

Você pode, e deve, manifestar a sua opinião nos comentários. O debate com os leitores, a troca de ideias entre quem escreve e lê, é que torna o nosso trabalho gratificante e recompensador. Porém, assim como respeitamos opiniões diferentes, é vital que você respeite os pensamentos diferentes dos seus.