Top Collectors Room: os 50 melhores discos do metal brasileiro



O heavy metal brasileiro é reconhecido não apenas como um dos mais criativos do mundo, mas também como um dos mais influentes do planeta. Bandas como Sepultura, Sarcófago, Krisiun e inúmeras outras possuem admiradores nos quatro cantos da Terra, e suas ideias são sentidas em bandas europeias, americanas e de todos os lugares.

A história do metal aqui no Brasil começou nos anos 1980, com uma evolução rapidíssima que logo colocou sobre o nosso país, já naquela mesma década, os holofotes de quem curtia som pesado em busca do que de tão especial havia nos “garotos da selva” - como a Kerrang! chamou o Sepultura em uma das primeiras matérias que fez com a banda mineira – e em tudo que eles traziam junto.

É difícil elaborar uma lista de melhores discos de metal gravados por bandas brasileiras e ela não ser dominada por dois grupos: o Sepultura e o universo do Angra, onde se incluem Shaman e também o Viper. Mas pesquisas em listas similares e a atenção nas opiniões dos leitores e amigos tornou possível chegar aos 50 títulos abaixo. 

É claro que faltam álbuns, é bem provável que você não encontre alguns dos seus discos favoritos nela, assim como certamente irá se perguntar porque tal CD foi escolhido. E sabe por que isso acontece? Porque toda lista é feita de escolhas e essa contém as nossas, que certamente são diferente das de todas as pessoas que estão lendo (e lerão) essa matéria. A solução para isso é simples: vá nos comentários e coloque o top 10 com os seus discos preferidos de metal BR. Simples, não?


Então, sem mais devaneios, vamos aos 50 melhores discos do metal brasileiro segundo a Collectors Room:

50 Taurus – Signo de Taurus (1986)
49 Imago Mortis – Vida ... The Play of Change (2002)
48 Harppia – A Ferro e Fogo (1985)
47 Uganga – Opressor (2014)
46 SoulSpell – The Labyrinth of Truths (2010)
45 Oficina G3 – Depois da Guerra (2008)
44 Patria – Magna Adversia (2017)
43 Krisiun – Southern Storm (2008)
42 Dorsal Atlântica – Dividir & Conquistar (1988)
41 Almah – Fragile Equality (2008)
40 Korzus – Discipline of Hate (2010)
39 Dr. Sin – Dr. Sin (1993)
38 Tribuzy – Execution (2005)
37 Sepultura – Morbid Visions (1986)
36 Krisiun – Black Force Domain (1995)
35 Angra – Fireworks (1998)
34 Shaman – Reason (2005)
33 Maestrick – Espresso Della Vita: Solare (2018)
32 Dark Avenger – Dark Avenger (1995)
31 Vulcano – Bloody Vengeance (1986)
30 Andre Matos – Time to Be Free (2007)
29 Krisiun – The Great Execution (2011)
28 Dr. Sin – Brutal (1995)
27 Korzus – Ties of Blood (2004)
26 Ratos de Porão – Anarkophobia (1991)
25 Torture Squad – Pandemonium (2003)
24 Hibria – Defying the Rules (2004)
23 Dorsal Atlântica – Antes do Fim, Depois do Fim (2005)
22 Sepultura – Schizophrenia (1987)
21 Hangar – The Reason of Your Convict (2007)
20 The Mist – The Hangman Tree (1991)
19 Viper – Evolution (1992)
18 Sepultura – Quadra (2020)
17 Sarcófago – I.N.R.I. (1987)
16 Krisiun – Conquerors of Armageddon (2000)
15 Korzus – Mass Illusion (1991)
14 Tuatha de Danann – Trova di Danú (2004)
13 Viper – Soldiers of Sunrise (1987)
12 Angra – Rebirth (2001)
11 Sarcófago – The Laws of Scourge (1991)
10 Angra – Temple of Shadows (2004)
9 Ratos do Porão – Brasil (1989)
8 Sepultura – Beneath the Remains (1989)
7 Sepultura – Roots (1996)
6 Angra – Angels Cry (1993)
5 Viper – Theatre of Fate (1989)
4 Sepultura – Arise (1991)
3 Shaman – Ritual (2002)
2 Sepultura – Chaos A.D. (1993)
1 Angra – Holy Land (1996)





Comentários

  1. faltou um silent cry aí hein

    ResponderExcluir
  2. Cara, gostei de ver ai o Fireworks! Acho um disco pouco celebrado, mas fantástico!

    ResponderExcluir
  3. Bom, respeito a opinião alheia, mas de cara vejo uma falha imensa na minha opinião que seria a falta do grande OVERDOSE e, para mim, seriam dois discos sensacionais e no cenário brasileiro clássicos: Circus of Death e o Progress of Decadence; faltam também dois discos recentes que gostei muito, mas ai é questão de gosto mesmo: Attomica - The Trick e MX - A Circus Called Brazil, The Mist merecia uma melhor posição e para mim o primeiro seria o Arise do Sepultura. Outra boa lembrança minha é o Mutilator com o seu Into the Strange, simplesmente adoro esse disco, mas claro que entendo as escolhas por ser bem pessoal e gosto cada um tem o seu!

    ResponderExcluir
  4. Tem Imago Mortis, eu fico feliz :)
    Saudações da Imagem da Morte!
    o)+

    ResponderExcluir
  5. Sarcófago - The Laws
    Sepultura - Arise
    The Mist - The Hangman
    Overdose - Circus of Death
    Sextrash - Funeral Serenade
    Head Hunter DC - Punishment
    Amen Corner - Jackol Ve Tehila
    Witchhammer - Blood On The Rock
    Sarcófago - INRI
    Chakal - Death is Lonely Business

    ResponderExcluir
  6. Toda lista é muito Polêmica, mais no top 10 tanto disco do Angra e Shaman é forçarda de barra enorme fora que acredito que todos disco deles estao na lista dos 50!!!!Como tem disco esquecidos ai é uma grandeza. mais lista é lista, deste 50 ai acho que entraria uns 15 no máximo.Mais da hora o lance lista

    ResponderExcluir
  7. Boa lista! Senti falta do disco Centurian, dos baianos do Malefactor! É uma obra prima!

    ResponderExcluir
  8. Com essa lista deu para ver como o legado do maestro Andre Matos foi monstruoso!!! Todos os CDs das bandas nacionais com ele no vocal apareceram na lista, até mesmo sua carreira solo.

    ResponderExcluir
  9. Boa lista!!! Como bem dito ateriormente, sempre haverão os discordes...

    ResponderExcluir
  10. 1 - Viper - Theatre Of Fate
    2 - Sepultura - Beneath The Remains
    3 - Torture Squad - Pandemonium
    4 - Fates Prophecy - Into The Mind
    5 - Angra - Angels Cru
    6 - Krisiun - Forged In Fury
    7 - Harppia - Ferro e Fogo
    8 - Dragon Heart - Throne Of The Alliance
    9 - Hibria - Defying The Rules
    10 - Dark Avenger - Dark Avenger

    Isso é só um pouco do nosso maravilhoso legado!

    ResponderExcluir
  11. As opiniões sempre vão divergir, e a minha também diverge da lista. Acho que a ordem de alguns álbuns estão trocadas, alguns não deviam nem estar aí e que faltaram outros clássicos como Chakal - Abominable Anno Domini e Pentacrostic - The Pain Tears. Mas, são opiniões particulares de cada um então, acaba sendo só mais lançamentos a serem lembrados.

    ResponderExcluir
  12. Nada do Woslom??? No mínimo falta conteúdo aí...

    ResponderExcluir
  13. Nos meus 48 de hard rock/metal no centro de São Paulo, dentro da Galeria do Rock, fico assustado por não constar nessa lista "Beijo Fatal" do Salário Mínimo, "Devastação" do Stress e nada do Golpe de Estado, é como dar um tiro no peito desses heróis do metal autoral brasileiro cantado na nossa língua. Todos esses tão na ativa até hoje, já passaram dos 50 anos e ainda lutando bravamente pela causa metal. Tem bandas aí com 3 álbuns numa lista de 50! Lamentável!

    ResponderExcluir
  14. Cadão sempre dando a cara a tapa com as listas! Manda ver brother!

    ResponderExcluir
  15. Eu incluiria pelo menos um disco das bandas Violator e Andralls.
    E certamente colocaria o Antigen do Dynahead.
    Se sobrasse um espacinho ainda tentaria por o Destructive Device do Mindflwo

    ResponderExcluir
  16. Faltaram discos do Sextrash, Overdose, Headhunter, Eterna e muitas outras. Mas a lista é boa!

    ResponderExcluir
  17. poxa , 50 discos é pouco para a riqueza do metal nacional , mas Silent Cry não poderia ficar de fora dessa , o metal nacional não se resume em Sepultura e André Matos . tem várias bandas da Cogumelo que não apareceram ai também , mas paciência ............

    ResponderExcluir
  18. pra mim poderia ter ai o umpluged do Hangar.

    ResponderExcluir
  19. Eis a minha lista do top 10:

    1 - Sepultura - Arise
    2 - Sepultura - Beneath the Remains
    3 - Krisiun - Conquerors of Amargedon
    4 - Sarcófago - The Laws of Scourge
    5 - Angra - Angels cry
    6 - Sepultura - Chaos A.D
    7 - Shaaman - Ritual
    8 - Korzus - Discipline of Hate
    9 - Ratos de Porão - crucificados pelo sistema
    10 - Heavens Guardian - Doll

    ResponderExcluir
  20. Titanomarquia deveria ta nesse bolo aí.. Album muito bom.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Você pode, e deve, manifestar a sua opinião nos comentários. O debate com os leitores, a troca de ideias entre quem escreve e lê, é que torna o nosso trabalho gratificante e recompensador. Porém, assim como respeitamos opiniões diferentes, é vital que você respeite os pensamentos diferentes dos seus.