Ranking de Discos: AC/DC


O AC/DC foi formado em Sydney, na Austrália, no ano de 1973. Centrada nos irmãos Angus e Malcolm Young, a banda tem duas fases distintas em sua carreira. A primeira, com o vocalista Bon Scott, vai até 1979 e rendeu cinco discos. A segunda, com Brian Johnson assumindo o posto após a morte repentina de Scott, iniciou em 1980 e conta com dez álbuns. 

No total o AC/DC lançou 15 discos (os dois primeiros – High Voltage e T.N.T., ambos de 1975, foram lançados apenas no mercado australiano e suas melhores faixas foram reunidas no primeiro disco do grupo voltado para o mercado internacional, também chamado High Voltage e que chegou às lojas em 1976), 3 álbuns ao vivo, 2 trilhas sonoras, 2 boxes, um EP, 47 singles, 11 DVD/Blu-ray e 58 clipes.

Como guia nessa jornada musical regada a muito rock and roll, perguntei nas redes sociais quais seriam os melhores discos da banda (e aqui levei em conta a discografia internacional, deixando de lado os dois primeiros lançamentos focados no mercado australiano). Ao todo foram quase seiscentos fotos, na enquete que mais teve participação de quem acompanha a Collectors Room e também um dos resultados mais apertados.


De acordo com os seguidores da Collectors, esse é o ranking de discos do AC/DC:

1 Back in Black (1980) – 22%
2 Highway to Hell (1979) – 20%
3 Let There Be Rock (1977) – 12%
4 High Voltage (1976) – 9,5%
5 Powerage (1978) – 9,5%
6 The Razors Edge (1990) – 7%
7 Dirty Deeds Done Dirt Cheap (1976) – 6%
8 For Those About to Rock (We Salute You) (1981) – 4,9%
9 Black Ice (2008) – 2,5%
10 Ballbreaker (1995) – 2%
11 Flick of the Switch (1983) – 1,4%
12 Stiff Upper Lip (2000) – 1%
13 Blow Up Your Video (1988) – 0,8%
14 Fly on the Wall (1985) – 0,7%
15 Rock or Bust (2014) – 0,7%

Como já era esperado, a disputa pelo primeiro lugar foi dominada entre Highway to Hell e Back in Black, com o disco que marcou a estreia de Brian Johnson e que é o maior renascimento do rock ficando na frente. Porém, a preferência do público fica clara pelos álbuns gravados com Bon Scott, com quatro deles ficando nas cinco primeiras posições. Destaque para a ótima colocação de The Razors Edge, o disco que renovou o som do AC/DC e apresentou a banda para uma nova geração de ouvintes no início da década de 1990, puxado por hits e clipes que rolavam direto na MTV. Outro ponto é a boa reputação de Black Ice e Ballbreaker, trabalhos que conquistaram os fãs e que continuam soando fortes. 

Duas curiosidades: todos os discos foram votados, e High Voltage e Powerage tiveram exatamente o mesmo número de votos, assim como Fly on the Wall e Rock or Bust. Nesses casos coloquei o mais antigo na frente, por acreditar que a história da banda é contada álbum a álbum e cada trabalho influencia o que vêm a seguir.

Como sempre, criei uma playlist com hits e faixas preferidas de cada um dos discos do AC/DC, sempre com duas músicas de cada um deles. Ouça no volume máximo e deixe o seu ranking pessoal sobre a discografia da banda dos irmãos Young nos comentários.

Comentários