Review: Malvada – A Noite Vai Ferver (2021)


Formada em 2020, a Malvada conta com Angel Sberse (vocal), Bruna Tsuruda (guitarra), Ma Langer (baixo) e Juliana Salgado (bateria), e agora em 2021 lançou o seu primeiro álbum. A Noite Vai Ferver saiu pela Shinigami Records e traz nove canções próprias.

Ao contrário do recente boom de bandas femininas brasileiras como Crypta, Eskröta e a já veterana Nervosa, a Malvada não vai pelo lado mais extremo do metal, apostando em um hard rock que equilibra influências atuais com uma pegada classic rock. Gravado no Studio Pub em Santo André com produção da dupla Tiago Claro e Nobru Bueno, o álbum alterna canções cheias de energia e baladas, mostrando os dois lados da sonoridade da banda.

As instrumentistas são competentes, e o vocal de Angel remete, em certos momentos, a ícones como Joan Jett e até mesmo a lendas do rock brasileiro como a dupla Cornélius Lucifer e Percy, do Made in Brazil. Musicalmente, porém, a banda acaba não se destacando tanto. As canções carecem de maior inspiração, e no geral o trabalho acaba soando apenas mediano. Algumas canções se destacam como a música que batiza o disco, “Ao Mesmo Tempo”, “Disso Que Eu Gosto” e a pesadona “Mais Um Gole”, que fala sobre a pandemia.

Ainda há um longo caminho para a Malvada percorrer e evoluir, e isso fica claro após a audição do álbum de estreia do quarteto.  


Comentários

  1. A MALVADA pertence a uma linhagem que chamo de “rock com ensino fundamental incompleto”, dados os clichês obrigatórios, a estupidez das letras e a falta de criatividade dos arranjos, e o fato de termos mulheres tocando não diminui o constrangimento da coisa toda e não melhora em nada a situação, pois às vezes tenho a impressão de que a crítica pega mais leve com bandas formadas só por mulheres, sei lá por qual razão! É tudo tão infantil, esquemático e previsível que poderia ser feito por uma criança de 4 anos…Este gênero, que possui letras de alto teor poético semelhante a “VOU BEBER ATÉ CAIR E FICAR COM A CARA NA CALÇADA, É ISSO AÍ!!!!!” e “QUANDO ENTRO NELA PARECE UMA FACA QUENTE ENTRANDO NA MANTEIGA, YEAH, YEAH, YEAH!!!!”, não deve ser levado à sério. No Brasil o suprassumo desta palhaçada toda é o MADE IN BRAZIL e no mundo o AC/DC! O estilo engloba tantas bandas que eu poderia citar milhares aqui, mas vou me resumir ao GOLPE DE ESTADO, um dos melhores grupos do estilo no mundo, pau a pau com o grupo dos irmãos YOUNG e muito melhor inclusive do que a banda dos irmãos VECCHIONE, em minha opinião, e BARANGA. Quanto mais desencanada, despretensiosa e bem humorada forem as bandas do estilo, melhor, e AC/DC e GOLPE DE ESTADO perceberam isso muito bem. Quanto A NOITE VAI FERVER, desejo todo o sucesso do mundo às meninas, mas tenho de ser sincero e admitir, infelizmente, que o negócio é ruim, muito ruim…

    ResponderExcluir
  2. A única crítica que eu faria a banda seria em relação as letras carecendo de sentido, ou pobres. Mas o instrumental, o desempenho são até maneiros, e o disco não é de todo ruim.

    ResponderExcluir
  3. Ô grupinho sem-vergonha de ruim! Perfeito o primeiro comentário, uma aula em poucas linhas.

    ResponderExcluir
  4. Eu vi alguma coisa delas um tempo atrás, uma ou outra música autoral mais um monte de covers. Até achei interessante, mas o negócio é ouvir o álbum mesmo pra ver qual é a da banda. Vou ouvir e depois volto aqui pra falar bem, ou meter o pau rsrsrs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Você pode, e deve, manifestar a sua opinião nos comentários. O debate com os leitores, a troca de ideias entre quem escreve e lê, é que torna o nosso trabalho gratificante e recompensador. Porém, assim como respeitamos opiniões diferentes, é vital que você respeite os pensamentos diferentes dos seus.