Sony e o incrível catálogo Legacy


O selo Legacy, da Sony Music, possui um dos mais incríveis catálogos musicais do planeta. A ideia surgiu durante a década de 1990, após a gravadora japonesa comprar a Columbia, a gravadora mais antiga do mundo, em 1988. Em um primeiro momento, o selo Legacy focou em relançamentos de clássicos da Columbia e da Epic Records, selo que fazia parte da Columbia. O catálogo teve um acréscimo gigantesco em 2004, quando a Sony adquiriu a RCA e ampliou consideravelmente a oferta de títulos.

Uma das séries mais conhecidas da Legacy é a The Essential, geralmente formada por álbuns duplos e até mesmo triplos, que compilam os maiores sucessos e as canções mais marcantes dos artistas do selo.

Mas o principal ponto, e que atrai a atenção de quem coleciona, são as reedições da Legacy Recordings, que trazem de volta para as lojas álbuns que muitas vezes estão fora da catálogo há anos. Algumas dessas edições possuem faixas bônus, mas o foco da Legacy não está em reedições luxuosas, mas sim em fazer com que discos importantes para a história da música estejam sempre disponíveis e acessíveis para novos e velhos ouvintes.


O catálogo é monstruoso. Dentro do rock e do metal, a Sony Legacy possui centenas de clássicos de bandas como AC/DC, Accept, Aerosmith, Alice Cooper, Audioslave, Big Star, Black Sabbath, Blue Oÿster Cult, Bob Dylan, Boston, Bruce Springsteen, Cheap Trick, David Bowie, David Gilmour, Electric Light Orchestra, Elvis Presley, Europe, Foo Fighters, Heart, Iggy Pop, Janis Joplin, Jeff Beck, Jeff Buckley, Jimi Hendrix, Joan Jett, Joe Satriani, Journey, Judas Priest, Kansas, Mad Season, Ozzy Osbourne, Pearl Jam, Pink Floyd, Quiet Riot, Rage Agains the Machine, Roger Waters, Santana, Scorpions, Spin Doctors, Steve Vai, Steve Ray Vaughan, Survivor, The Allman Brothers Band, The Clash, Tool, Toto, Velvet Revolver, Warrant e ZZ Top, entre muitos outros.

Diversos desses álbuns tem aparecido com preços acessíveis à venda aqui no Brasil, principalmente na Amazon. São CDs importados (e originais, algo que precisa ser sempre mencionado devido à situação atual do mercado nacional, inundado de CDs falsificados) com preços baixos, e falo isso por experiência própria, pois adquiri vários nos últimos meses. Títulos como Hell Bent For Leather e Screaming for Vengeance do Judas Priest, Cherry Pie do Warrant e o debut, Evil Empire e Renegades do Rage Against the Machine vieram para a minha coleção lacrados, importados e com preços em torno de trinta e poucos reais cada. Pesquisando no Discogs, descobri que já são 62 títulos da Sony Legacy nas minhas estantes.

A música é eterna e a mídia física só precisa ser bem feita e bem produzida. E nisso, os álbuns lançados pela Sony Legacy não deixam nada a desejar.


Comentários

  1. Tenho muitas dificuldades em encontrar CDs importados na Amazon por preços interessantes. Dia destes, recorri ao IMusic para adquirir dois itens fora de catálogo no Brasil (Os primeiros do Morbid Angel),e o grande problema foi o frete... mas como eu queria muito, fui em frente. Tentarei ficar mais atento à Amazon para os próximos garimpos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Você pode, e deve, manifestar a sua opinião nos comentários. O debate com os leitores, a troca de ideias entre quem escreve e lê, é que torna o nosso trabalho gratificante e recompensador. Porém, assim como respeitamos opiniões diferentes, é vital que você respeite os pensamentos diferentes dos seus.