Playlist: o discografia solo de Bruce Dickinson


Bruce Dickinson gravou seis álbuns solo. A solidez permeia esses discos, que apesar da inegável qualidade não são muito comentados e até mesmo pouco conhecidos pelos fãs do Iron Maiden. Explorando influências que vão desde o hard rock dos anos 1970, passam pela música alternativa e chegam até um metal moderno, atual e com muito peso, Bruce possui um catálogo de canções de inegável respeito em sua carreira solo.

Para ajudar você a se aventurar pelo sexteto formado por Tattooed Millionaire (1990), Balls to Picasso (1994), Skunkworks (1996), Accident of Birth (1997), The Chemical Wedding (1998) e Tyranny of Souls (2005), preparamos uma playlist com trinta músicas imperdíveis.

Vale mencionar, como curiosidade, que o primeiro desses álbuns – Tattooed Millionaire – foi gravado quando ele ainda fazia parte do Iron Maiden e foi motivado pelo sucesso do single “Bring Your Daughter ... To the Slaughter”, presente na trilha do filme A Hora do Pesadelo 5. E o mais recente disco solo de Bruce, Tyranny of Souls, foi lançado quando ele já estava de volta ao Maiden.

Embarque na aventura solo de Bruce Dickinson na playlist abaixo, tenho certeza de que você irá gostar:

Comentários

Postar um comentário

Você pode, e deve, manifestar a sua opinião nos comentários. O debate com os leitores, a troca de ideias entre quem escreve e lê, é que torna o nosso trabalho gratificante e recompensador. Porém, assim como respeitamos opiniões diferentes, é vital que você respeite os pensamentos diferentes dos seus.