The Crystal Caravan: crítica de With Them You Walk Alone (2013)

Terceiro disco do banda sueca The Crystal Caravan, With Them You Walk Alone foi lançado em abril pela Transubstans Records. O álbum é o sucessor da auto-intitulada estreia (2009) e de Against the Rising Tide (2010).

Executando um rock psicodélico com elementos de hard e blues rock, o The Crystal Caravan é mais uma das excelentes bandas saídas da Suécia nos anos 2000. Na ativa desde 2002 e formado por Niklas Gustafsson (vocal), Björn Lohmander (guitarra), Stefan Bränberg (guitarra), Jonas Lindsköld (teclado), Pierre Svensson (baixo), Annika Bränberg (percussão) e Christopher Olsson (bateria), o grupo apresenta influências de nomes como Uriah Heep, Deep Purple, Atomic Rooster, Steppenwolf e Free, tudo unido em uma sonoridade cativante.

With Them You Walk Alone possui apenas seis faixas. Parece pouco, mas não é. Não há exageros, não há momentos desnecessários. Tudo está no seu lugar. A abertura com “Hour of the Wolf” é um rockão construído a partir de um belo riff de guitarra, desenvolvendo-se sobre uma estrutura arejada e que apresenta tudo o que um fã do gênero quer ouvir. Os vocais do excelente Niklas Gustafsson são um destaque à parte, assim como as certeiras intervenções do teclado, que dão um clima espacial à faixa. A parte final possui uma passagem que traz à mente a clássica “Gipsy”, do Uriah Heep - não há similaridades entre as duas, apenas um pequeno detalhe que leva à associação.

Ecos de The Doors surgem fortes em “Brick by Brick”, enquanto a faixa que dá nome ao álbum é uma pérola psicodélica e pesada. “Against the Rising Tide” possui um certo tempero folk inserido em meio à névoa de psicodelia e conta com um bem-vindo vocal feminino cantando junto com Niklas. Já em “Roses and Morphine” temos um exemplo do que ouviríamos se Doors, Jefferson Airplane e Black Sabbath fossem uma mesma banda. Grande canção! O disco se encerra com “Drifting”, composição contemplativa em que Niklas dá uma aula de interpretação derramando versos cheios de sentimento, e que conta com um belíssimo solo de guitarra.

Já era possível afirmar que o The Crystal Caravan se tratava de uma banda interessante ao ouvir os seus dois primeiros discos. Agora, após degustar o seu terceiro trabalho, fica a certeza de que estamos diante de um dos melhores nomes vindos não apenas da Suécia, mas de toda a Europa, nos últimos dez anos. Uma banda com personalidade, com alma e feeling, que faz música do jeito antigo sem soar datada, ultrapassada ou fora do tempo. With Them You Walk Alone é um álbum muito bom - muito bom mesmo. Daqueles que dá gosto colocar para rodar, relaxar na poltrona e se afundar no meio das almofadas enquanto o som rola solto pelo ar.

Um terceiro ato excelente!

Nota 9

Faixas:
1 Hour of the Wolf
2 With Them You Walk Alone
3 Against the Rising Tide
4 Roses and Morphine
5 Brick by Brick
6 Drifting

Por Ricardo Seelig

Comentários

  1. A capa me deixou muito curioso e com expectativa de ler algo que me levaria a ouvir a banda. A resenha aguçou ainda mais a vontade! Vou conhecer.

    ResponderExcluir
  2. Boa resenha, deu até vontade de ouvir. Vou conferir a discografia da banda depois, não conhecia essa.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Você pode, e deve, manifestar a sua opinião nos comentários. O debate com os leitores, a troca de ideias entre quem escreve e lê, é que torna o nosso trabalho gratificante e recompensador. Porém, assim como respeitamos opiniões diferentes, é vital que você respeite os pensamentos diferentes dos seus.