Ranking de Discos: Kiss


Formada em Nova York em 1973, o Kiss é uma das maiores bandas da história. Centrado nas figuras de Paul Stanley e Gene Simmons, o quarteto revolucionou o rock com sua maquiagem e visual impactantes, mega produções de palco e um show que sempre foi um verdadeiro espetáculo.

A banda teve o seu período clássico entre 1973 e o início da década de 1980, quando o baterista Peter Criss deixou o quarteto em 1980 e o guitarrista Ace Frehley saiu em 1982. Eric Carr assumiu a bateria e ficou até a sua morte, em 1991, vítima de câncer. A guitarra passou por diversas mãos mas teve como principais donos Bruce Kullick (entre 1984 e 1996) e Tommy Thayer (desde 2002). A formação atual conta também com Eric Singer, dono da bateria do Kiss desde 1991. Musicalmente, o período inicial é bem hard rock clássico, depois a banda insere mais peso nos anos 1980, época em que também trilharam por um hard mais festivo, e desde então o grupo vem alternando trabalhos mais pesados como Revenge e Psycho Circus com outros mais diretos como Sonic Boom e Monster.

A discografia do Kiss é formada por 20 álbuns de estúdio, 8 ao vivo, 13 coletâneas, 60 singles, 8 boxes, 15 VHS/DVD/Blu-ray e 35 videoclipes. O grupo vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo e é uma das bandas mais populares do rock. No total foram mais de 1.800 votos em uma das disputas mais acirradas dessa série de rankings que estamos publicando, inclusive com direito a dois empates na contagem final.


Esse é o ranking de discos do Kiss segundo os leitores da Collectors Room:

1 Creatures of the Night (1982) – 15,5%
2 Destroyer (1976) – 14,8%
3 Love Gun (1977) – 10,5%
4 Kiss (1974) – 9,7%
5 Dressed to Kill (1975) – 7,5%
6 Rock and Roll Over (1976) – 7,1%
7 Revenge (1992) – 7,1%
8 Hotter Than Hell (1974) – 4,9%
9 Lick It Up (1983) – 3,9%
10 Psycho Circus (1998) – 3,4%
11 Dynasty (1979) – 3,2%
12 Animalize (1984) – 2,3%
13 Crazy Nights (1987) – 2%
14 Music From The Elder (1981) – 1,8%
15 Hot in the Shade (1989) – 1,3%
16 Unmasked (1980) – 1,2%
17 Monster (2012) – 1,1%
18 Asylum (1985) – 1%
19 Sonic Boom (2009) – 1%
20 Carnival of Souls (1997) – 0,5%

Creatures of the Night e Destroyer brigaram até o final pela primeira posição, e apesar de Destroyer ser quase uma unanimidade, acabou pesando o fato de o Kiss ter vindo para o Brasil pela primeira vez em 1983, durante a turnê de Creatures. Na sequência tivemos uma série de discos do período clássico do grupo nos anos 1970, interrompido apenas pela inserção de Revenge entre eles. Lick It Up, Psycho Circus e Dynasty também tiveram boas posições no levantamento final.

Abaixo você tem uma playlist com duas músicas de cada disco do Kiss com exceção de Sonic Boom, que não está disponível nos apps de streaming. Ouça em volume máximo e poste o seu ranking nos comentários.

Comentários

  1. Até o meio ficou coerente a escolha digamos, depois pra baixo a escolha ficou um pouco pessoal, apesar de eu gostar de todos kkkkk

    ResponderExcluir
  2. O único ruim é o Psycho Circles, aliás, os anos 90 fizeram mal pra muitas bandas kkkk

    ResponderExcluir
  3. Achei meio bizarro o hotter than hell em oitavo, album que eu acho sensacional apesar da produção tosca; e o love gun em terceiro, que é o disco que considero ser o menos inspirado da fase clássica. Mas, apesar de tudo, são escolhas pessoais. Me surpreendi também com o destroyer em segundo, não fazia ideia do peso do creatures of the night haha.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Você pode, e deve, manifestar a sua opinião nos comentários. O debate com os leitores, a troca de ideias entre quem escreve e lê, é que torna o nosso trabalho gratificante e recompensador. Porém, assim como respeitamos opiniões diferentes, é vital que você respeite os pensamentos diferentes dos seus.